SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

Threads não é espaço para política nem notícias, diz chefão do app

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 07 de Julho de 2023 às 17h25

Link copiado!

Divulgação/Meta
Divulgação/Meta

O Threads da Meta não vai incentivar o uso da plataforma para discussões políticas ou notícias de última, afirmou o CEO do Instagram Adam Mosseri. Num comentário publicado nesta quinta-feira (7), o executivo afirmou que o objetivo do novo app "não é substituir o Twitter", mas criar um espaço público para comunidades nunca antes explorado pelo Instagram.

"O objetivo não é substituir o Twitter. O objetivo é criar uma praça pública para comunidades no Instagram que nunca embarcaram no Twitter e para comunidades do Twitter (e de outras plataformas) interessadas em um lugar menos raivoso para conversas", explicou Mosseri. "Política e notícias quentes inevitavelmente aparecerão no Threads — elas até aparecem no Instagram até certo ponto — mas não faremos nada para encorajar essas verticais", complementou.

Post by @mosseri View on Threads
Continua após a publicidade

Com o Threads, parecer Adam Mosseri quer criar uma plataforma "menos odiosa" que o Twitter. Aparentemente, uma das estratégias para alcançar esse objetivo é se distanciar de tópicos mais sensíveis.

Essa postura mais avessa a conteúdo político está alinhada ao padrão de comportamento da Meta, que se distancia do tema há anos no Facebook. A plataforma chegou a alterar o nome do feed tradicional de "Notícias" para apenas "Feed", numa tentativa de alterar a proposta da seção.

Política não será encorajada, mas não é proibida

Continua após a publicidade

Ainda que o Threads não vá encorajar publicação de notícias e conteúdo político, Adam Mosseri reconhece a importância do assunto. "Política e notícias quentes são importantes, não quero sugerir o contrário", pontuou numa outra resposta.

"Mas minha opinião é que, de uma perspectiva de plataforma, qualquer engajamento ou lucro extra que o assunto pode gerar não compensa a dor de cabeça, negatividade (sejamos honestos) ou riscos de integridade que podem vir no pacote", pontuou. "Há uma quantidade mais do que suficiente de comunidades incríveis — esportes, música, moda, beleza, entretenimento etc. — para criar uma plataforma vibrante sem precisar entrar em política ou notícias", finalizou.

É inevitável que notícias circulem no Threads, afinal a plataforma também conta com perfis de veículos jornalísticos e jornalistas. Contudo, apesar da postura de não impulsionar esse tipo de conteúdo, não se sabe se vão existir mecanismos no algoritmo de recomendação que evitem a disseminação desse material.

Threads é um sucesso

Continua após a publicidade

Já é possível dizer que o lançamento do Threads foi um sucesso: a plataforma chegou a 70 milhões de usuários em pouco mais de um dia e tudo indica que vai continuar crescendo neste primeiro momento. Agora, resta saber se a plataforma consegue reter os usuários e continuar esse processo.