Postou sua foto favorita? Novo sticker permite criação de correntes no Instagram

Postou sua foto favorita? Novo sticker permite criação de correntes no Instagram

Por Igor Almenara | Editado por Douglas Ciriaco | 11 de Outubro de 2021 às 11h23
Geo Uc/Unsplash

Da noite para o dia, um fenômeno tomou os stories do Instagram: o novo sticker “Add Yours” ("Adicione o seu", em português) começou a ser compartilhado aos montes na rede social. A figurinha, que funciona do jeitinho das conhecidas “correntes”, encoraja as pessoas a participarem com suas próprias fotos nos stories enquanto reúne as participações de todo mundo em um só lugar.

As possibilidades são infinitas, e algumas já viralizaram por aí. Entre as correntes mais compartilhadas até agora estão as “Poste sua foto favorita” ou “Poste uma foto do seu pet”, criadas por usuários brasileiros que já tiveram acesso ao recurso e com milhares de participações.

A figurinha permite responder com sua própria contribuição para a corrente ou visualizar a participação alheia (Captura: Douglas Ciriaco/Canaltech)

Assim como qualquer outro sticker, o "Add Yours" pode ser anexado a um stories e publicado para todo mundo. Quem visualiza pode participar da corrente contribuindo com uma foto própria a partir do botão "Responder" (seja tirada na hora ou puxada da galeria) ou visualizar o que outros perfis compartilharam na figurinha.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Os criadores de uma corrente são notificados sempre que um seguidor ou desconhecido contribui com ela. Além disso, os posts de perfis fechados podem ser acessados somente por pessoas que já são seguidoras, então não há chance de compartilhar e ter a foto vista por todo mundo neste caso.

Não está completo no Brasil

Ao que parece, a função apareceu primeiro em testes localizados na Indonésia, mas o potencial de compartilhamento da figurinha fez com que rapidamente alcançasse outras regiões. Contudo, a disponibilidade limitada implica que nenhum usuário brasileiro consiga criar uma corrente do zero — a não ser que faça alguma gambiarra para mudar de localização.

Mesmo que você encontre a figurinha pelos stories da rede, pode ser que não dê para responder ainda. Nesse caso, vale procurar por atualizações do app na Play Store ou na App Store.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.