Playboy adere ao #DeleteFacebook e também deleta sua página da rede social

Por Ares Saturno | 28 de Março de 2018 às 14h07
Tudo sobre

Facebook

A Playboy anunciou que está batendo em retirada do Facebook, aderiando ao movimento #DeleteFacebook, que surgiu na rede após a rede social se envolver em uma série de polêmicas pela forma que trata os dados de seus usuários. Anteriormente, noticiamos que Brian Acton, cofundador do WhatsApp também se retirou da rede social. Dois dias depois da saída de Acton, um internauta desafiou Elon Musk, em tom de brincadeira, a apagar as páginas da SpaceX e da Tesla no Facebook, com 2,6 milhões de seguidores (cada), o que ele acatou prontamente para a surpresa geral.

Agora, a icônica revista de conteúdo adulto anuncia sua saída em um tom que emana certo alívio, como se a Playboy já estivesse considerando abandonar a rede há algum tempo.

"Por anos, tem sido difícil para a Playboy expressar seus valores no Facebook devido às suas limitações de conteúdo e diretrizes políticas. Nós nos defrontamos com a única alternativa sendo alterar a voz da Playboy, a fim de se adequar às visões do Facebook sobre o que é e o que não é adequado em sua plataforma. Há mais de 25 milhões de fãs que interagem com a Playboy através de nossas várias páginas no Facebook e nós não queremos ser cúmplices em expor eles às práticas relatadas", diz o anúncio de saída da empresa.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Fonte: Mashable

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.