Na surdina, Facebook apagou mensagens enviadas por Zuckerberg do Messenger

Por Natalie Rosa | 06 de Abril de 2018 às 11h13
photo_camera VICE
TUDO SOBRE

Facebook

A saga do Facebook de tentar recuperar sua reputação continua firme e forte. Desta vez, a rede social admitiu que vêm apagando as mensagens de Mark Zuckerberg, CEO e fundador da empresa, enviadas pelo Messenger.

De acordo com um porta-voz do Facebook, a medida começou a ser tomada desde que chegou à mídia a informação de que os e-mails da Sony Pictures haviam sido invadidos, protegendo, dessa forma, as comunicações de seus executivos. "Isso inclui limitar o período de retenção das mensagens de Mark no Messenger", contou o porta-voz ao Verge.

A transparência da rede social em relação às suas atividades e medidas vem ganhando destaque nas últimas semanas após o escândalo da Cambridge Analytica, que comprovou o uso de dados de 87 milhões de usuários do Facebook para a campanha que elegeu Donald Trump como presidente dos Estados Unidos.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Recentemente, a empresa também admitiu que faz o escaneamento de mensagens enviadas pela rede social e que, se necessário, ainda pode espionar as conversas.

Mark Zuckerberg está agendado para depor ao Congresso norte-americano na próxima semana para se retratar sobre o uso não autorizado de informações de seus usuários e outras questões de privacidade.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.