Instagram tenta impulsionar uso do IGTV trazendo recursos de concorrentes

Por Se Hyeon Oh | 20 de Maio de 2019 às 21h30
Tudo sobre

Instagram

Saiba tudo sobre Instagram

Ver mais

Apesar do imenso sucesso dos Stories, não é segredo que o Instagram vem enfrentando baixa popularidade no IGTV, o seu braço de compartilhamento de vídeos de até 10 minutos. Ao que tudo indica, no entanto, parece que a empresa está disposta a conquistar mais usuários para ele, pois, conforme o apurado pelo TechCrunch, o Instagram atualizou o IGTV mesclando características dos rivais TikTok e Snapchat.

A rede social reformulou, silenciosamente, a interface do IGTV, de forma que o novo design lembra a organização do Snapchat, com dois itens aparecendo por linha em uma lista de deslize infinito. Além disso, ela também abandonou os guias de "Para você", "Seguindo", "Popular" e "Continuar assistindo" para dar lugar a um único feed recheado dos vídeos mais divertidos do momento, seguindo a lógica de seleção de vídeos do TikTok.

Essas alterações fazem sentido pela baixa adesão dos usuários (até mesmo do Instagram). A Sensor Tower, empresa especializada em análise de dados de aplicativos, estima que o aplicativo do IGTV tenha sido baixado apenas 4,2 milhões de vezes desde o seu lançamento, contando com apenas uma média de 7.700 novos conteúdos por dia. Esses números representam que menos de 0,5% dos bilhões de usuários do Instagram fizeram o download.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Comparação da interface de usuário dos aplicativos Instagram, Snapchat e TikTok (Imagem: Tech Crunch)

Mesmo com esse movimento um tanto radical, o TechCrunch analisa que, no caso do TikTok, essa fórmula de demonstração dos conteúdos funciona muito bem dentro da plataforma pelo fato de os vídeos serem curtos e irem direto ao ponto. O IGTV, por outro lado, aposta numa gama de conteúdos visuais mais longos, o que pode fazer com que os seus usuários percam o foco com o tempo.

Num raciocínio parecido, o Snapchat consegue aproveitar, ao máximo, os dois itens que são demonstrados por linha, pois existem editores profissionais que reservam um tempo para criar imagens em miniatura de capas que possam promover o seu conteúdo. Considerando que o foco da IGTV está em criadores de conteúdo independentes, significa que menos pessoas trabalham para criar imagens de capa cativantes, o que pode não capturar a atenção dos espectadores.

Pelo menos, o Instagram parece estar ciente dos riscos que a plataforma de vídeos possui. Prova disso é a fala do cofundador e ex-CEO da rede social, Kevin Systrom. No ano passado, ele disse que o IGTV é um novo formato de plataforma e que é necessário esperar que as pessoas o adotem, pois, “tudo que é ótimo, começa pequeno”.

Fonte: Tech Crunch

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.