Instagram pode facilitar o uso do famoso "link na bio"

Instagram pode facilitar o uso do famoso "link na bio"

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 26 de Maio de 2022 às 20h15
Rodrigo Folter/Canaltech

O Instagram testa um recurso para liberar o uso de mais de um link na biografia. Essa seria uma mudança importante na política rígida do uso de apenas uma URL nas informações de perfis, o que facilitaria a famosa tática de "link na bio", empregada quando é preciso levar o usuário para fora da rede social.

Hoje, os criadores de conteúdo precisam usar serviços de terceiros, conhecidos como agregador de links, para colocar múltiplos apontamentos externos. Tais sites permitem criar um endereço único que guia a pessoa para uma central onde dá para colocar várias páginas.

Atualmente, você só consegue colocar um link na bio para um site (Imagem: Kris Gaiato/Captura de tela)

A mudança também possibilitará aos usuários conectarem suas biografias ao perfil ou página no Facebook. Se você não tem links, pode apenas vincular os serviços para ter uma experiência unificada entre as duas redes sociais. Ainda não está claro quantas URLs poderiam ser adicionadas no perfil de modo nativo no Instagram.

Segundo informações do Business Insider, o teste é conduzido pelos desenvolvedores desde outubro do ano passado. Apesar disso, nos últimos seis meses foi que as coisas começaram a tomar mais forma, um indício de lançamento próximo.

Um porta-voz da Meta, empresa dona do Instagram, teria confirmado ao site existir um protótipo em desenvolvimento, mas apenas de modo interno. A companhia não trouxe detalhes nem informações sobre quando haverá a liberação para usuários.

Polêmica dos links no Insta

O pedido por mais links é uma demanda antiga dos criadores de conteúdo, porque possibilitam desenvolver estratégias mais eficazes. Pelo modelo atual, as pessoas só poderiam usar links no stories, cujo prazo expira em 24 horas e no perfil. É bastante desestimulante para o usuário interromper a navegação do feed para entrar no perfil, acessar o agregador de links e ainda buscar pelo conteúdo desejado.

Um dos passos mais ousados nesse sentido havia sido os botões "ver loja" ou "reservar", usado por criadores de conteúdo e empresas para vender produtos ou serviços. Mesmo assim, a maioria desses links só funcionam quando existe a compra de anúncios ou publicações direcionadas.

A mudança pode facilitar o gerenciamento dos links diretos no perfil para quem tem pouca familiaridade com marketing online ou precisa apenas listas coisas básicas, como o site empresarial, outras redes sociais e alguma matéria jornalística interessante.

Fonte: Business Insider  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.