Instagram vai testar exibir número de curtidas nos posts; entenda

Instagram vai testar exibir número de curtidas nos posts; entenda

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 14 de Abril de 2021 às 14h45
Cristian Dina/Pexels

O Instagram trabalha em uma função para dar aos usuários o controle sobre a contagem de likes nas postagens. Segundo o site The Verge, nos próximos dias, a empresa começará a testar com alguns usuários a possibilidade de escolher se exibem ou não o contador de modo público.

Embora ainda não haja uma informação oficial, vazamentos mostram que a opção poderá ser ativada ou desativada em cada post, assim como ocorre com os comentários. Ainda não está claro também se haverá opção similar para stories, Reels ou outros formatos de conteúdo da rede.

Em janeiro deste ano, o Canaltech já havia antecipado essa possibilidade. Um desenvolvedor especializado em engenharia reversa analisou o código-fonte do aplicativo do Instagram e notou que a equipe trabalhava no recurso.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A exibição de quantas curtidas uma publicação teve era algo padrão da plataforma até 2019, mas a rede social removeu a funcionalidade por entender que causava mais danos do que benefícios. Na época, o Instagram disse que as pessoas estavam concentradas demais em números, quando deveriam focar na qualidade do conteúdo produzido.

Exibição de curtidas é polêmica

Nem sempre uma menor quantidade de likes significa conteúdo pior, já que há uma série de outros fatores que podem influenciar nesse caso, como o dia e horário da postagem, o estilo da foto, a estabilidade da rede, o engajamento inicial e outros. Mesmo assim, muita gente acabava chateada quando o seu post não tinha um número suficiente de curtidas.

(Imagem: Reprodução/Nanobits)

O dilema assustou os influenciadores digitais no início, já que sua principal fonte de renda era oriunda do alcance propiciado pelas curtidas das redes. Mas como as métricas permaneceram visíveis para os autores, a mudança não chegou a impactar no relacionamento com as marcas.

Ao contrário do esperado, houve uma mudança importante de paradigma: hoje, algumas empresas preferem investir em influenciadores menores, porém com elevado percentual de conversão, do que em números exorbitantes. A ocultação pode ter tido algum impacto nessa nova linha de pensamento, que acaba sendo bem mais rentável para os próprios anunciantes.

Omissão de números até dos autores

Recentemente, algumas pessoas relataram que a rede social havia escondido a contagem até para o dono do perfil. Isso pode ter sido parte dos experimentos conduzidos pelo Instagram para possibilitar a novidade. O chefe do Instagram, Adam Mosseri, precisou vir a público para explicar o ocorrido e pedir desculpas, afinal isso poderia trazer prejuízos financeiros para quem vive da rede.

(Imagem: Alveni Lisboa/Canaltech)

O Facebook também testou inicialmente ocultar a contagem de likes do público em 2019. Esse experimento fez com que os números de curtidas, reações e visualizações de vídeos não fossem mais exibidas publicamente. De lá para cá, não se falou em mais nada do tipo, possivelmente em razão do impacto negativo que a remoção da métrica teve no Instagram.

Se os testes tiverem retorno positivo na plataforma de fotos, é bem provável que a equipe do Facebook adapte para o seu sistema. E isso trará a importante liberdade de escolha para o principal afetado pelo engajamento: o próprio usuário.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.