Instagram de fato permitirá vídeos mais longos, entre outras novidades

Por Ares Saturno | 11 de Junho de 2018 às 15h59
Reprodução
Tudo sobre

Instagram

Na quarta-feira passada (6), rumores apontaram para a possibilidade de o Instagram permitir vídeos mais longos serem postados em sua plataforma. Atualmente, a rede social só permite vídeos com duração máxima de um minuto.

Entretanto, o site Tech Cruch trouxe, nesta segunda-feira (11), a notícia que o Instagram pretende disponibilizar o tal hub de vídeos longos numa conferência com a imprensa que acontecerá no dia 20 de junho. Já se sabe alguns detalhes sobre a nova ferramenta, como você lê abaixo.

Formato

A rede social permitirá que os criadores de conteúdos carreguem vídeos na resolução 4K e com orientação vertical. O tempo limite de um minuto será expandido, mais ainda não se sabe quanto. As expectativas é que os conteúdos possam ter até uma hora de duração.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Destino

Esses vídeos ficarão num hub centralizado, que trará uma curadoria dos que fizerem sucesso com o público, além de possuir ferramentas que permitem que se continue a reprodução de um vídeo do ponto exato onde ele foi anteriormente interrompido. Ainda não está claro onde esse hub ficará hospedado, nem mesmo se ele será acessado por meio do app da rede social ou em um serviço separado.

Parceiros de Lançamento

A revelação à mídia no dia 20 trará ao público também parcerias que o Insta está fazendo com produtores de conteúdo, celebridades de mídia social e produtoras.

Qualidade Intermediária

O intuito é criar conteúdo semelhante ao que podemos ver hoje no YouTube, mas com criadores de conteúdo famosos, captados com imagens de qualidade cuidadosamente trabalhadas, mas ainda inferior em comparação às obras da Netflix ou HBO.

Links Externos

O Instagram oferecerá aos criadores uma nova função, em que links externos sejam adicionados aos vídeos, de forma que bastará que o usuário deslize o conteúdo para acessar mais informações, lojas de comércio eletrônico ou websites.

Monetização

Esse ponto ainda não está completamente esclarecido, mas será possível aos criadores de conteúdo ganhar grana com seus vídeos longos. Não se sabe se a monetização virá por meio de anúncios publicitários, como geralmente é feito em outras plataformas.

Outro anúncio que deve aparecer na conferência do dia 20 de junho é que a rede social deve atingir 1 bilhão de usuários pouco antes da data, o que pode trazer a atenção de criadores de conteúdo interessados em povoar esse espaço densamente povoado mas ainda desbravado. A rede social vem crescendo em número de contas ativas vertiginosamente, completando 600 milhões de cadastros em dezembro de 2016, 700 milhões em abril de 2017 e 800 milhões em setembro de 2017.

Segundo a análise feita pelo TechCruch, essa é a chance do Instagram passar da categoria de mídia social para apenas mídia, fazendo concorrência para o YouTube e o Snapchat Discover.

Fonte: TechCrunch

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.