Facebook ganha mais opções de portabilidade para você levar embora seus dados

Facebook ganha mais opções de portabilidade para você levar embora seus dados

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 10 de Agosto de 2021 às 09h16
LightFieldStudios/envato

Encerrar uma conta nas redes sociais pode ser a única solução para algumas pessoas, mas perder todo o conteúdo acumulado ao longo do tempo é frustrante. É por isso que o Facebook, que já tinha opções de portabilidade para outras plataformas, adicionou dois novos destinos para quem quiser dar adeus, mas manter suas fotos, links e informações.

Em uma postagem no blog oficial, a empresa introduziu a possibilidade de mover imagens e vídeos para o Photobucket e sincronizar eventos com o Google Agenda. Segundo o rede social, a reconstrução da ferramenta foi feita para tornar a experiência mais simples para o usuário, além de esclarecer melhor cada conteúdo compartilhado com as plataformas.

Ferramenta de transferência de informações ganhou mais duas opções (Imagem: Reprodução/Facebook)

Antes do Photobucket, os usuários do Facebook já poderiam baixar o conteúdo para sua própria máquina ou enviar suas fotos e informações para Google Fotos, Dropbox, Blogger, Google Docs, BlackBlaze, Koofr e WordPress. É preciso conectar o perfil do serviço desejado à rede social para realizar a cópia direta dos dados.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

A nova ferramenta de migração também vai permitir selecionar o que será exportado na transferência, já que antes era preciso levar tudo de uma só vez. Dá para selecionar apenas datas específicas ou somente alguns álbuns, assim, você pode optar por deixar de lado os posts e fotos com aquele ex ou algum momento ruim da sua vida.

Essa evolução está ligada ao chamado Data Transfer Project, uma parceria de código-aberto desenvolvida conjuntamente entre Google, Facebook e Microsoft para transferência de conteúdo. O objetivo é promover a livre circulação de informações do usuário como forma de cumprir a legislação estadunidense e tentar "limpar a barra" quanto à liberdade das pessoas.

Não é a toa que as três empresas autoras são constantemente chamadas aos tribunais para esclarecer questões como monopólio, segurança de dados ou abuso de poder econômico.

Fonte: Facebook  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.