Facebook F8 2018: destaques do segundo dia do evento da rede social

Por Wagner Wakka | 02 de Maio de 2018 às 19h08
TUDO SOBRE

Facebook

Termina nesta quarta-feira (2) a F8, conferência do Facebook voltada para desenvolvedores que acontece desde ontem (1) em San Jose, na Califórnia. Se no primeiro dia do evento Mark Zuckerberg teve que subir pela primeira a um palco de conferência após os escândalos da Cambridge Analytica e, claro, falar sobre segurança na rede social, este segundo dia teve uma "pegada" mais técnica.

Mesmo assim, a empresa separou algumas novidades para este segundo dia relacionados aos seus principais serviços, e aqui vão elas:

Facebook

Novos avatares

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A rede social ganhou novos avatares para realidade virtual. Os novos personagens digitais são tão parecidos com seus semelhantes reais que a demonstração causou estranheza em participantes do evento. As imagens trazem traços muito humanos e causaram o efeito conhecido como "uncanny valley", ou "efeito de repulsa", causado ao ver uma imagem virtual muito semelhante a uma real.

Os avatares estão disponíveis no Facebook Space ainda em fases de testes e apenas disponíveis para óculos de realidade virtual.

Novos avatares do Facebook (Foto: Divulgação)

Oculus

Novo protótipo

Por falar em realidade virtual, a empresa apresentou um protótipo de óculos VR com capacidade de variar o foco de visão do usuário. Chamado de Half Dome, o aparelho vai usar movimentação de telas para mudar a distância focal de acordo com o lugar para onde o usuário estiver olhando, criando, assim, uma sensação de campo.

Ainda, o Half Dome tem abertura entre 100 a 140 graus de campo de visão possibilitando que usuário veja mais do ambiente. O aparelho está em fase de testes apenas, sem confirmação de que seu protótipo se tornará um headset comercial.

Instagram

Machine Learning

A rede social revelou uma pesquisa que mostra como mais de 3,5 bilhões de imagens públicas do Instagram estão sendo usadas para construir um banco de dados, os quais serão utilizados para construção de tecnologia de reconhecimento de imagem do Facebook.

Com isso, a empresa alia o banco de dados a machine learning autônomos que são capazes de reconhecer uma imagem com 85,4% de precisão.

Programação

Bot com carteirinha gamer

O Facebook também anunciou que conseguiu criar uma inteligência artificial capaz de vencer jogadores profissionais de Go. Este é um jogo chinês que, pela grande quantidade de variáveis, é usado para testar IAs.

O ELF OpenGo foi o bot que conseguiu vencer 14 partidas em sequência de Go. Ele faz parte de uma plataforma do Facebook para estudar ambientes virtuais em games e teve seu código aberto para quem quiser conhecer mais.

Framework atualizado

Aos programadores de plantão, o Facebook anunciou uma atualização do PyTorch, seu principal framework. Com a versão 1.0, o software baseado em Python passa a ser mais unificado com a linguagem Caffe2, e adiciona funcionalidades de produção ao PyTorch, cujo foco era em pesquisa.

A ideia é de que o usuário não tenha mais que usar dois frameworks para conseguir fazer pesquisa e produção na rede.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.