Donald Trump desbloqueia usuários no Twitter a mando da Justiça estadunidense

Por Ares Saturno | 05 de Junho de 2018 às 18h55

Donald Trump tem dificuldade de lidar com os internautas no Twitter que emitem opiniões contrárias ao seu governo. Ele chegou a ser aconselhado por Naomi Reice Buchwald, juíza da côrte de Nova Iorque, a não mais bloquear usuários na rede social, o que foi também reforçado por um juiz do estado de Virgínia. Ambos disseram que os bloqueios feitos pelo presidente poderiam ser considerados como uma violação à Primeira Emenda da Constituição estadunidense e à liberdade de expressão.

Um grupo entrou com um processo legal contra o presidente, exigindo que ele parasse com o hábito de bloquear pessoas no Twitter. Mas Donald Trump tem uma personalidade forte e virou alvo de chacota ao descobrirem que ele continuou usando a rede social da mesma forma, com o agravante de utilizar dispositivos vulneráveis a ciberataques para continuar bloqueando geral.

Na última segunda-feira (4), Jameel Jaffer, que é advogado do grupo que processou Trump, afirmou que a conta @realDonaldTrump desbloqueou os clientes que ele representa: "Estamos satisfeitos que a Casa Branca tenha desbloqueado nossos clientes da conta do Twitter do presidente, mas desapontou que o governo pretenda recorrer da decisão ponderada e bem fundamentada do tribunal distrital", disse Jaffer em um e-mail.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Dentre os sete autores do processo está Philip Cohen, professor de sociologia na Universidade de Maryland, que foi bloqueado pelo presidente há um ano. Na segunda-feira (4), após ser desbloqueado, Cohen tweetou: "Nós esperneamos. Nós reclamamos. Nós processamos. Nós ganhamos nosso Processo da Primeira Emenda em um Tribunal Federal. E agora o @realDonaldTrump me desbloqueou. Uau!". Confira na reprodução abaixo:

Alguns outros célebres bloqueados por Trump incluem os romancistas Stephen King e Anne Rice, a comediante Rosie O'Donnell, a modelo Chrissy Teigen, a atriz Marina Sirtis e o perfil do comitê de ação política dos veteranos militares VoteVets.org.

Fonte: Reuters

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.