Agência une Facebook, Google e Twitter contra notícias falsas sobre COVID-19

Por Wagner Wakka | 23 de Novembro de 2020 às 10h40

Facebook, Twitter e Google estão se juntando no Canadá e Reino Unido para combater a proliferação de informações incorretas sobre a COVID-19. A agência de verificação de fatos Full Fact está coordenando uma ação com os dois países para criar ferramentas para evitar a desinformação relacionada à doença.

Segundo o Business Insider, a movimentação é bancada atualmente pelo Facebook, mas a agência busca a formação de uma rede para combater o que chamam de má informação online.

O trabalho tem se mostrado mais importante na medida em que se aproxima o lançamento das principais vacinas em desenvolvimento atualmente. Contudo, aponta a agência Full Fact, a desinformação em torno dos imunizantes também aumenta.

“Estamos potencialmente a meses próximos de uma vacina para o coronavírus. Mas a onda de má informação relacionada a ela pode diminuir a confiança na medicina quando isso mais importa, podendo prolongar a pandemia”, aponta o chefe-executivo da Full Fact, Will Moy.

Atualmente, redes sociais como Facebook e Twitter têm rotulado publicações com informações falsas sobre a COVID-19. Entre as pessoas que já tiveram publicações com avisos estão Donald Trump, Elon Musk e, aqui no Brasil, o presidente Jair Bolsonaro.

Fonte: Business Insider

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.