Zack Snyder pretende produzir HQ de como o Coringa matou o Robin

Por Claudio Yuge | 21 de Dezembro de 2020 às 23h30
DC

Uma das questões que intrigam os fãs e pode ser respondida em breve envolve a morte de Robin nas mãos do Coringa na linha temporal criada pelo universo de Zack Snyder em Batman vs Superman: A Origem da Justiça e em seu corte especial da Liga da Justiça, o Zack Snyder’s Justice League. Contudo, embora menções a respeito possam confirmar que isso aconteceu na trama, os detalhes sobre como foi esse assassinato devem ficar para uma possível história em quadrinhos.

Snyder falou a respeito disso na noite de domingo, enquanto comentava a chegada de sua versão da Liga da Justiça ao HBO Max, possivelmente, em março, com um total de quatro horas de duração. Ele afirmou que pretende trabalhar com Jim Lee, artista renomado que se tornou chefe na DC Comics e de vez enquanto ainda ilustra alguns projetos especiais.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

"Acho que nada vai acontecer de imediato, mas Jim e eu conversamos bastante sobre talvez realizarmos uma história em quadrinhos para terminar essa conversa, mas não fechamos nada ainda”, afirmou, detalhando que a trama aconteceria no mundo pós-apocalíptico revelado nas visões de Batman. “Adoraria fazer uma história em quadrinhos no mundo pós-apocalíptico de ‘Pesadelo’; o mundo caiu, a equipe de sobreviventes está desorganizada, enquanto estou tentando trazer todos de volta”, adiantou.

O Palhaço do Crime em sua versão tatuada, desenhada pelas mãos de Jim Lee (Imagem: Reprodução/DC Comics)

De acordo com a descrição de Snyder, a história em quadrinhos mostraria o Coringa matando o Robin e sua participação na história teria um lado irônico. Isso porque vilão estaria envolvido no roubo da Caixa Materna, em um plano que na verdade seria usado pelo Batman, após o Ciborgue fazer contas complexas e entender em que o momento o Flash teria que usar a esteira cósmica criada pela Caixa Materna para voltar no tempo e… alertar o próprio Batman sobre o que estava por vir. “Grande parte do conflito seria Bruce reviver a morte de Robin e o que aconteceu com isso”, afirmou o cineasta.

Ainda não dá para dizer ao certo se Jim Lee aceitou esse projeto e se realmente isso vai sair do papel. De qualquer forma, isso se conecta com a cena em que vemos o Flash voltando no tempo para alertar Bruce sobre alguma coisa, em Batman vs Superman: A Origem da Justiça. E também nos adianta um pouco do que poderemos encontrar em Zack Snyder’s Justice League, que, como dito tem início previsto para março de 2021, exclusivamente no HBO Max.

Fonte: Bleeding Cool  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.