Venom da DC? Lanterna Verde enfrenta alienígenas simbiontes em nova HQ

Venom da DC? Lanterna Verde enfrenta alienígenas simbiontes em nova HQ

Por Dácio Castelo Branco | Editado por Claudio Yuge | 06 de Junho de 2022 às 22h40
Reprodução/DC Comics

O Lanterna Verde, sendo um herói da DC que tem muita conexão com o espaço, já enfrentou uma grande quantidades de adversários alienígenas — mas talvez nenhum seja tão devastador e assustador quanto o que muitos fãs estão chamando da versão da casa do Superman do Venom, famoso adversário do Homem-Aranha, da Marvel.

O vilão em questão é introduzido em Justice League: Road to Dark Crisis #1, edição que mostra como o universo da DC está após a aparente morte da Liga da Justiça em Justice League #75. A narrativa resumida é que, sem a principal equipe de heróis da editora, à Terra está em risco constante, com diversos alienígenas se aproximando do planeta com diversos objetivos, variando de conquistar o planeta até mesmo utilizá-lo como ambiente para multiplicação da raça extraterrestre, como no caso da criatura que lembra o Venom.

Essa criatura, antes de chegar na Terra, estava sendo perseguida por Hal Jordan, um dos mais famosos Lanterna Verdes. Durante a corrida para pegar o vilão, Jordan tenta se comunicar com seus colegas da Liga, mas eles não respondem, já que os eventos que os levaram para suas aparentes mortes já haviam ocorrido, sem que o herói esmeralda soubesse.

A perseguição acaba com a criatura entrando na Terra e indo para o fundo do oceano, sofrendo uma mutação para virar a criatura que se assemelha com o Venom — ao mesmo tempo que se multiplica. Terminado o processo, ela segue diretamente para Atlântida, e é então que Aqualad, o parceiro do Aquaman, defendendo sua cidade, percebe que o alien, na verdade, é um parasita, que está dominando algum ser vivo.

O alienígenas e suas várias cópias chegam em Atlântida. (Imagem: Reprodução/DC Comics

Com a ajuda de Jordan, que também chegou para continuar seu embate com o alienígena, Aqualad consegue separar o parasita e o ser vivo, também derrubando no processo as criaturas multiplicadas. Respirando aliviados, eles percebem que escaparam de um verdadeiro perigo, já que o vilão parecia ser capaz de muito mais do que eles puderam presenciar.

O terror de Hal Jordan em tentar impedir o alienígena, enquanto estava no fundo do mar sem ter boa parte de sua capacidade de movimentação normal, faz com que o novo vilão, ainda não nomeado, se mostre um verdadeiro perigo — o que o coloca também como um bom análogo do Venom da Marvel, que além de também ser um extraterrestre que utiliza o corpo de outros seres vivos para poder realizar suas atividades, em suas aparições como vilão causa um verdadeiro senso de desespero nos heróis da Casa das Ideias.

Ainda não sabemos se a nova criatura da DC voltará a aparecer, mas considerando o desespero que ela causou nos heróis que se deparam com ela, talvez Justice League: Road to Dark Crisis #1 esteja preparando o cenário para introduzir uma ameaça nova para o universo da editora — e se esse for o caso, a primeira impressão foi bem forte.

Fonte: ScreenRant

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.