Publicidade

The Boys | HQ finalmente tapa buraco na trama que incomodou por 18 anos

Por| 05 de Fevereiro de 2024 às 20h30

Link copiado!

Novo Mundo
Novo Mundo

Como muita gente sabe, The Boys é como se a Liga da Justiça simplesmente usasse seus poderes para alimentar seus egos e destruir qualquer coisa ou pessoa que esteja no caminho de seus objetivos. Enquanto o líder Homelander era baseado no Superman, Black Noir era aparentemente um análogo do Batman. E uma grande revelação bombástica nos números finais das HQs levantou uma questão que nunca havia sido resolvida direito desde sua estreia em 2006.

Atenção para spoilers dos quadrinhos de The Boys!

As HQs criadas por Garth Ennis e Darick Robertson trazem coisas perturbadoras, reviravoltas explosivas e até elementos de gosto duvidoso. E um dos momentos mais chocantes acontece quando Black Noir revela sua identidade. O único integrante que usava máscara no grupo, ao finalmente tirá-la, exibe o mesmo rosto de Homelander.

Continua após a publicidade

Black Noir, na verdade, era um clone de Homelander que servia como um plano de contingência da companhia Vought-American para destruir o ser superpoderoso. E aí é que vem a pergunta: se o cara era um análogo do Superman, por que ele apenas não usou sua visão de raio-x para notar que o colega de equipe tem seu mesmo rosto?

Em The Boys #65, lançado em 2012, a trama mostra Black Noir como um clone de Homelander. Depois da revelação, ele assassina brutalmente o líder da equipe, cumprindo assim o propósito de sua própria existência. O plano sinistro foi construído secretamente nos bastidores desde praticamente a primeira edição

A ideia era fazer com que Black Noir se vestisse como Homelander para cometer atrocidades vis e enlouquecer o próprio Homelander, fazendo ele pensar que estava realmente praticando-as. Isso deixou o líder narcisista maluco o suficiente para dar permissão a Black Noir para matá-lo.

Continua após a publicidade

Qual é o conserto do buraco na trama?

Black Noir foi criado para atuar como uma rede de segurança para Vought-American, pois era a única pessoa forte o suficiente para matar Homelander se ele saísse da linha. O desejo inerente de matar o colega de equipe fez Black Noir enlouquecer, então, após sujar a reputação do líder dos Sete, ele acabou se matando.

A questão sobre o uso do raio-x na máscara para revelar Black Noir só veio agora, com a versão de luxo The Boys Omnibus, que traz aos fãs algumas dicas inéditas sobre a produção da série de quadrinhos que eles não encontrariam em nenhum outro lugar: desde ideias originais de argumento de venda, incluindo um potencial crossover da Liga da Justiça, até esboços iniciais de personagens e painéis.

Continua após a publicidade

E foi exatamente nesse conteúdo extra que um dos artistas dos The Boys, Russ Braun, respondeu ao suposto buraco na trama. “Você realmente acha que ele tinha os recursos para diferenciar entre um milímetro de tecido e camadas de carne, músculo, osso e cérebro para ver um rosto?”, rebateu o desenhista.

O artista reconhece que Homelander poderia, de fato, ver através da máscara de Black Noir, mas a imagem que ele veria ao usar sua visão de raio-x não seria necessariamente um rosto. Braun afirma que Homelander teria que forçar sua visão para realmente ver que o aparente análogo do Batman era seu clone. O artista explica que o poderoso ser teria praticamente nenhum interesse em usar seus poderes com tanta precisão apenas para ver o rosto de Black Noir — algo que ele até poderi não ser capaz de fazer.

No final das contas, não era bem um “buraco na trama”, e sim a preguiça e ignorância de Homelander em aprender a usar melhor suas habilidades. Ele simplesmente não se importa o suficiente em ser um herói para dominar seus poderes.