Publicidade

Superman reencontra caminho para casa graças ao mais subestimado poder

Por| 20 de Junho de 2023 às 21h00

Link copiado!

DC Comics
DC Comics

Um dos aspectos mais interessantes da atual fase do Superman é como a DC Comics vem colocando o herói em situações extremas para explicar a atualização de seus poderes, principalmente na minissérie Superman: Lost. Na edição mais recente, sua mais subestimada capacidade foi a responsável por recolocá-lo na trilha de volta para casa.

Atenção para spoilers de Superman: Lost #4!

Em Superman: Lost, vemos uma trama que usa muitas noções científicas para explicar como o Homem de Aço sobreviveria longe da rica atmosfera da Terra, onde ele aprendeu a crescer e viver durante todo esse tempo. A aventura mostra uma singularidade que o puxa para além do espaço e tempo, isolando-o à deriva no infinito do cosmos.

Continua após a publicidade

Em Superman: Lost #4, o Homem de Aço perde seu kit pessoal de sobrevivência, com seu antigo traje e suporte de vida — ele tem usado um uniforme especial, branco, que traz vantagens para longas viagens. Não bastassem os problemas, Superman destruiu seu único sistema de navegação, Marquis, o que o obriga a usar um poder de uma forma que mostra como tem sido subestimado.

Qual é o poder do Superman que vem sendo tão subestimado?

Nos primeiros anos em que foi criado, ainda nas décadas de 1930 e 1940, o Superman vinha ganhando novos poderes, entre eles a superaudição, que era limitada às ondas de rádio e TV. Já na Era de Prata dos Quadrinhos, a partir de meados dos anos 1950, o Superman passou a ouvir vozes e ruídos ao seu redor — Jimmy Olsen chegou a ganhar um relógio especial para alertar o Homem de Aço quando estivesse em situações de perigo, em 1959.

O Canaltech está no WhasApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Já vimos também o Superman dizendo como desenvolveu uma espécie de “sexto sentido”, baseado em sua superaudição, que, juntamente com os seu outros sentidos super aguçados e sua experiência, permitem a ele “adivinhar” ameaças ou situações em que sua ajuda é necessária.

Contudo, desta vez, o uso de superaudição ganha um contorno científico maior, pois ele a usa para mapear o espaço e sua vizinhança, rastreando os pulsares, quasares e tempestades magnéticas mais próximos para navegação — captando a frequência de som da sua própria onda eletromagnética.

Continua após a publicidade

Parece um pouco complicado para entender — e é —, mas essa novidade mostra o quão pouco explorado seus clássicos poderes, especialmente a superaudição, ainda não foram tão bem aprofundados, ainda mais em situações limítrofes com noções científicas verossímeis, como vemos em Superman: Lost.