Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Marvel e DC já compartilharam um Lanterna Verde “cromado”

Por| 22 de Janeiro de 2024 às 15h34

Link copiado!

DC Comics
DC Comics

Nos anos 1980 e 1990, tanto a Marvel Comics como a DC Comics viviam o auge de sua popularidade nos Estados Unidos, a ponto de dividir seus fãs entre rivais. Hoje em dia essa “competição” anda em baixa, até porque as próprias empresas não alimentam uma oposição. Isso é bom porque, no final das contas, a maioria dos leitores gosta de ambas; por outro lado, a ausência de uma “disputa” entre as companhias levou os crossovers entre as duas a zero nas últimas décadas.

“Quem venceria uma luta entre Superman e Hulk?”, “Batman bateria no Capitão América?” e “Vingadores são melhores que a Liga da Justiça?” eram perguntas frequentes que os fãs adoravam discordar — e muitos ainda gostam até hoje. Essa rivalidade era tão grande que as empresas não conseguiam ignorar. 

Continua após a publicidade

Então, ambas aproveitavam essa popularidade toda para transformar os sonhos dos fãs em realidade, cruzando seus universos e promovendo encontros improváveis entre suas propriedades. Tudo bem que as tramas costumavam ser bobinhas, com o formulaico “heróis brigam, encontram inimigos em comum e juntam forças para detê-los”; mas não deixava de ser divertido e gerar personagens únicos.

Um exemplo disso é o Lanterna Verde concebido por ambas, o Lanterna Cromada.

Aconteceu em JLA/Avengers

Depois de realizar alguns crossovers nos anos 1980, como Superman e Homem-Aranha, Marvel e DC, que tinham vários profissionais “trocando de lado” ao longo da década, chegaram nos anos 1990 dialogando bastante.

Isso resultou em diversos outros encontros entre personagens, a exemplo de Batman/Demolidor ou  Batman/Homem-Aranha, e até mesmo uma disputa entre heróis em Marvel vs. DC/DC vs. Marvel. O último crossover entre as editoras aconteceu no começo dos anos 2000, mais precisamente em 2003, com JLA/Avengers. E foi daí que surgiu o Lanterna Cromada.

Em JLA/Avengers #2, a trama mostra a Liga da Justiça e os Vingadores correndo para encontrar artefatos de cada um de seus respectivos universos, antes que a barreira entre as duas continuidades desmoronasse completamente. Durante a busca, o anel do Lanterna Verde de Kyle Rayner começou a ficar sem energia. Com sua bateria sendo um dos artefatos levados, ele não teve escolha a não ser recarregar seu anel usando o Cubo Cósmico da Marvel, recentemente recuperado.

Bem, o Anel de Poder é uma das armas mais poderosas do Universo DC, enquanto o Cubo Cósmico permite que seus usuários manipulem a realidade, essencialmente realizando qualquer desejo que desejarem, independentemente dos limites. Quando Kyle usou o Cubo Cósmico para carregar seu anel de poder, seu corpo foi transformado em uma cor cromada.

Continua após a publicidade

E, embora não tenha sido possível mostrar na trama, é possível que isso tenha concedido a Kyle os mesmos poderes do Cubo Cósmico, permitindo-lhe remodelar a realidade à sua vontade. E lembrar disso nos mostra que já passou a hora de Marvel e DC se encontrarem novamente em alguma disputa editorial declarada nas prateleiras.