Homem de Ferro vira um deus cósmico com os poderes de Galactus

Homem de Ferro vira um deus cósmico com os poderes de Galactus

Por Felipe Gugelmin | Editado por Claudio Yuge | 27 de Agosto de 2021 às 21h00
Reprodução/Screenrant

A Marvel está prestes a inaugurar uma nova era para as histórias de Tony Stark em seus quadrinhos. Com lançamento previsto para novembro, Iron Man #14 deve ver o Homem de Ferro adquirindo poderes cósmicos dignos de uma divindade, algo que deve mudar tanto seus desafios quanto a própria personalidade do herói.

Os novos poderes são resultados dos esforços que Stark empreende para parar o vilão Korvac, que tenta roubar para si o poder de Galactus, o Devorador de Mundos. Embora seja bem-sucedido em seu objetivo, ele acaba tendo que tomar para si essa responsabilidade — o que não poderia acontecer em um pior momento.

Tony Stark está passando por uma fase atribulada em sua vida pessoal nas histórias comandadas pelo time criativo Christopher Cantwell, CAFU, Angel Unzueta e Frank D’Armata. Além de ter que enfrentar a desaprovação do público, o herói se viu preso à sua armadura após sofrer danos severos, e, afastado dos Vingadores, considera-se o único capaz de parar Korvac.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Imagem: Reprodução/Screenrant

Essa crença foi incentivada pelo Tribunal Vivo — uma das mais poderosas entidades cósmicas da Marvel —, que afirmou que o Homem de Ferro era o único de capaz o universo de um desequilíbrio catastrófico. Segundo o roteirista Cantwell explicou ao SuperHeroHype, a afirmação também se tratava sobre o processo de transformação cósmica pela qual o herói deve passar.

Conciliando humanidade e divindade

O escritor explicou que Iron Man #14 vai mostrar como Tony Stak lida com o novo poder e como será necessário que ele lute contra seus próprios fantasmas e medos para conseguir manter um lado humano sob a nova identidade do Homem de Ferro Cósmico. A sinopse da edição também prevê que, além das mudanças no bilionário, o próprio universo da editora pode sofrer alterações como consequência da transformação.

Elemento que sempre fez parte do personagem, o “complexo de Deus” de Stark só deve ser fortalecido com a transformação — e histórias do passado da Marvel mostram que isso nem sempre resulta em algo bom. Enquanto o poder de Galactus continua sob disputa, o vilão em si teve sua última aparição no arco O Retorno do Inverno Sombrio, na revista mensal Thor, em que seu corpo foi usado por Odinson como uma arma de destruição em massa.

Fonte: Screenrant

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.