Flash acredita que personagem da DC pode ser mais rápido do que ele

Flash acredita que personagem da DC pode ser mais rápido do que ele

Por Dácio Castelo Branco | Editado por Claudio Yuge | 23 de Maio de 2022 às 22h40
Reprodução/DC Comics

Entusiastas de HQ sempre terão opiniões formadas sobre qual herói é o mais poderoso ou tem potencial para virar o mais forte daquele universo em questão. Só que essas discussões nunca vão ter o mesmo valor que ver um personagem como Barry Allen, o Flash, admitindo que um personagem da DC, no futuro, pode ser mais rápido do que ele.

Sim, o mais clássico Velocista Escarlate da DC, e que protagonizou alguns dos maiores momentos da história de publicação do Flash, acredita que existe um outro personagem da DC que pode superar sua velocidade — e ele admitiu isso no meio de um lanche com o Superman na revista Superman #709, de 2011.

Os dois heróis estão na lanchonete conversando sobre a vida de heróis após Barry Allen se recuperar de uma aventura que envolveu um vilão o controlando mentalmente. Durante o diálogo, ambos campeões da DC acabam prestando atenção na televisão, que transmite uma corrida beneficente entre Bart Allen, o Kid Flash, e o Superboy Conner Kent.

Conner Kent é um clone do Superman que foi introduzido logo em seguida a Morte do Superman, saga clássica dos anos 1990 que retrabalhou o papel de Clark Kent como um símbolo de esperança e heroísmo. Já Bart Allen, que foi introduzido perto da mesma época, é o neto de Barry Allen que viajou do futuro para os tempos atuais com o objetivo de ser ensinado por Wally West a ter controle sobre seus super-poderes.

Flash fala que Kid Flash pode se tornar mais rápido do que ele no futuro. (Imagem: Reprodução/DC Comics)

Enquanto Barry e Clark assistem à corrida, o Velocista Escarlate declara para seu amigo da Liga da Justiça que se seu neto continuar se esforçando, ele poderá logo alcançar uma velocidade maior do que o veterano é capaz de atingir.

Essa confiança, porém, acabou se tornando um comentário que nunca foi realmente trabalhado na DC, já que dois meses após a publicação de Superman #709 a editora iniciaria o projeto dos Novos 52, reiniciando a continuidade dos heróis e até eliminando alguns personagens, como o próprio Bart Allen.

O ajudante do Flash recentemente voltou a aparecer nas HQs, usando seu primeiro codinome, Impulso, mas até agora nenhuma evidência que comprove o comentário de seu avô foi mostrada. No fim, pode se tratar somente de uma fala solta só mostrando a confiança de um parente em seu sucessor, ou mesmo algo que se perdeu com as mudanças editorias da DC — mas mesmo assim não deixa de ser um momento curioso e que mostra que até mesmo os super-heróis especulam seus níveis de poder, de certa forma.

Fonte: ScreenRant

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.