Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

DC revela a verdade sobre Hera Venenosa após 58 anos de sua origem

Por| 08 de Abril de 2024 às 19h03

Link copiado!

DC Comics
DC Comics

Batman tem, sem sombra de dúvidas, a melhor galeria de vilões entre todos os quadrinhos de heróis. Seus antagonistas possuem grande complexidade psicológica, os que os torna mais profundos, de forma que os leitores também conseguem relacionar-se. A DC Comics vem atualizando todas as suas criações na iniciativa Dawn of DC (ou Alvorecer da DC), e, agora, revela uma mudança que muda a origem da Hera Venenosa, mais de 58 anos após sua estreia.

Atenção para spoilers de Hera Venenosa #21!

Poison Ivy #21, lançado recentemente, apresenta as consequências imediatas de Pamela Isley concordar com o experimento de Jason Woodrue, em que o médico foge após sua primeira injeção dar errado. A moça começa a se transformar e os poderes de Hera Venenosa se revelam aos poucos, inclusive “produzir energia a partir da luz das estrelas” e feromônios, assim como um lado obscuro.

Continua após a publicidade

A história revisada da origem de Hera Venosa revela que a anti-heroína pode ouvir o planeta inteiro gritando, mas uma “voz” é mais alta que as outras. Ela diz a Bella Garten, que logo se tornaria a Jardineira, que não consegue dormir e que os sedativos não funcionam; a constante enxurrada de dor é tão difícil para ignorar que Pam foge do hospital para chegar ao cerne da questão: Gotham City.

Pam diz que Gotham City se parece com uma “ferida aberta” no planeta, e passa a acreditar que foi criada para ser a defensora da cidade e “curá-la”. Para Hera Venenosa, ignorar o pedido de ajuda da Terra seria semelhante à tentativa do Superman de bloquear milhares de pessoas gritando “socorro”.

Campeã de Gotham?

As habilidades de Hera Venenosa a impedem de deixar Gotham, pois ela estaria condenada, provavelmente pelo resto de sua vida, a ouvi-la clamar por sua ajuda. Assim, há uma grande mudança em suas motivações, o que, na verdade, aproxima a anti-heróina do próprio Batman, mais do que da galeria de vilões.

Os dois começaram com o mesmo objetivo: salvar Gotham de si mesma, mas ela vê um ângulo que ele não consegue e desconfia que seria melhor como aliados do que como inimigos. Infelizmente, a paranóia e a desconfiança de Batman os impedem de saber com certeza.

Hera Venenosa perdeu recentemente o contato com o Parlamento Verde, que representa toda a flora do planeta. Isso a levou para um caminho sombrio, ao ponto em que tentou cometer a extinção dos seres vivos com um ataque massivo.

Continua após a publicidade

Mas, agora, Pamela começa a retornar às suas raízes, tentando provar para o Batman que os dois são mais parecidos do que Bruce Wayne imagina. Assim, Hera Venenosa se torna de vez uma anti-heroína — pelo menos por enquanto.