Publicidade

Asa Noturna nocauteia Pacificador com tática simples

Por| 31 de Janeiro de 2024 às 14h10

Link copiado!

DC Comics
DC Comics

Desde que o diretor James Gunn se apaixonou pelo Pacificador, a ponto de o personagem ganhar sua própria série no streaming HBO Max, o personagem elevou para um status que nunca teve, já que ele sempre ficava em segundo plano. Mas, mesmo entre os principais heróis da editora, ele ainda não é páreo para ícones como o Asa Noturna, que revela uma tática banal e eficaz para vencê-lo.

Atenção para spoilers de Titans: Beast Worlds #5!

Em Titans: Beast World #5, lançado recentemente, Amanda Waller se revela ao público e leva o crédito por deter o monstro que ameaçava a Terra, que, na verdade, era o ex-Titã Mutano, transformado em uma criatura maior e diferente. Ela aproveita essa popularidade para aumentar sua ofensiva contra os superseres, anunciando uma série de ataques coordenados para matar os híbridos animais-humanos restantes.

Continua após a publicidade

Asa Noturna e os Titãs rastreiam Waller e se infiltram na sede do Departamento de Soberania para detê-la. No entanto, o Pacificador aparece para derrotar Dick Grayson e seus colegas de equipe. Eis que o herói realiza uma manobra muito simples e extremamente eficaz: apenas aproveita o fato de o icônico capacete do Pacificador estar solto em sua cabeça para girá-lo até o ponto em que ele tapa a visão.

E mais, ainda usa a própria superfície do objeto para aumentar o impacto do golpe em sua cabeça, o suficiente para fazer com que o Pacificador desmaie— Asa Noturna vence de uma maneira banal, eficaz, rápida e humilhante, diga-se de passagem.

Asa Noturna é excelente na improvisação, e sabe o tipo de perigo que um capacete mal aderido pode representar para seu usuário. Embora o Pacificador seja um bom lutador e atirador, o que impede que a maioria chegue ao seu capacete, ele com certeza subestimou as capacidades de Dick Grayson, que não é o maior pupilo de Batman à toa.

Continua após a publicidade

Talvez seja hora de o Pacificador abandonar seu capacete para encontrar uma melhor forma de proteger sua cabeça, e, claro, de ativar algumas habilidades, já que o objeto não serve apenas para isso.