5 quadrinistas negros internacionais para seguir

Por| 17 de Novembro de 2023 às 19h30

Link copiado!

DC Comics
DC Comics

O mercado de entretenimento e cultura, em geral, nunca foi muito generoso às vozes criativas da comunidade negra, e, felizmente, isso tem mudado bastante nos últimos anos. Hoje em dia, a visão única desses artistas têm chegado com mais frequência e pluralidade em todos os nichos, especialmente nos quadrinhos.

Além de trazer perspectivas únicas, a partir da vivência de cenários mais diversos e socialmente menos privilegiados, os novos artistas e a velha guarda têm ocupado as cadeiras criativas das editoras estadunidenses com propriedade: vêm revitalizando personagens, histórias, tramas e temas — uma bem-vinda contribuição de vozes que passaram muito tempo silenciadas e sem muitas oportunidades.

O Canaltech celebra o Dia da Consciência Negra, dia 20 de novembro, listando alguns dos nomes de destaque da nova geração e da velha guarda de quadrinistas pretos dos Estados Unidos.

Continua após a publicidade

Alitha Martinez

Alitha é uma das mais habilidosas artistas da recente geração de talentos e produziu alguns títulos aclamados na DC Comics e na Marvel Comics, incluindo Batgirl e Pantera Negra. Mais recentemente, ela liderou o projeto da nova Mulher-Maravilha negra, Nubia, em Future State: Immortal Wonder Woman, e passou a desenhar sua série solo, Nubia: Queen of the Amazons.

Siga Alitha Martinez:

Continua após a publicidade

Brian Stelfreeze

Continua após a publicidade

Embora tenha um currículo invejável de bons trabalhos desde meados dos anos 1980, muita gente ainda insiste em ignorar seu talento. Brian é uma lenda viva e um dos mais prolíficos criadores negros de quadrinhos.

Brian fez um trabalho brilhante nas páginas e capas do título do Pantera Negra durante a fase escrita por outro talento negro, o jornalista e roteirista Ta-Nehisi Coates, em 2016. O reconhecimento veio por meio da indicação do Eisner Awards por essa obra.

Siga Brian Stelfreeze:

Continua após a publicidade

David F. Walker

O veterano e premiado escritor de quadrinhos trabalhou com quase todas as principais editoras do mercado estadunidense, trazendo histórias baseadas na cultura e na vivência negra. Suas tramas de Luke Cage, na fase Power Man, ao lado do Punho de Ferro, tornaram-se um clássico da Marvel nos anos 1970. Ele também ajudou a popularizar o Ciborgue, na DC Comics.

Continua após a publicidade

David produziu vários projetos de filmes independentes, incluindo um dos documentários definitivos sobre o cinema de exploração racial Blaxploitation, o cultuado Macked, Hammered, Slaughtered and Shafted. Mais recentemente, ajudou a criar a heroína preta Naomi; e continua fazendo quadrinhos enquanto divide seu tempo como jornalista e educador.

Siga David F. Walker:

Continua após a publicidade

Denys Cowan

Denys é um dos artistas mais influentes dos quadrinhos, principalmente por ser cofundador da Milestone Media (ao lado de Michael Davis, Derek T. Dingle e Dwayne McDuffie), grupo que trouxe para a Nona Arte mais representação para os criadores negros na indústria.

Ele também cocriou o popular herói preto Super Choque, e, em parceria com Denny O’Neil, produziu o que muitos consideram a história definitiva do herói Questão, da DC. Recentemente, uniu-se ao roteirista Jeff Lemire e ao artista Bill Sienkiewicz para confeccionar a graphic novel The Deaths of Vic Sage, no selo adulto DC Black Label.

Continua após a publicidade

Siga Denys Cowan:

Jamal Campbell

Continua após a publicidade

A estrela em ascensão produziu lindas capas para as editoras DC, Marvel e BOOM!, e, recentemente, consolidou o status de superstar ao se unir com os roteiristas Brian Michael Bendis e David F. Walker na criação da popular nova personagem da DC, Naomi, como parte do selo Wonder Comics.

Jamal também levou seu traço dinâmico e realista para outro grande sucesso da DC, Far Sector, na gestação da nova Lanterna Verde futurista, Jo Mullein. Recentemente, tem trabalhado em capas variantes para a aclamada série decenauta Nightwing.

Continua após a publicidade

Siga Jamal Campbell:

Fonte: Com informações de The Popverse