Tecnologia que vai além: mais do que lavar, secar, resfriar e cozinhar

Por Marcel Souza | 01 de Setembro de 2020 às 10h00
Naomi Hébert / Unsplash

Já repararam que os produtos que consumimos hoje entregam muito mais do que foram planejados para executar? Os celulares, criados para proporcionar uma comunicação móvel, hoje oferecem muitas outras funções como acesso à internet, câmera, jogos e outros recursos. E com tantas tecnologias concorrentes e consumidores cada vez mais exigentes, as marcas precisaram se reinventar e proporcionar mais do que produtos: elas precisam também entregar experiências.

Na hora de comprar um carro, o cliente quer mais do que um automóvel que o leve até seus destinos, ele também procura por conforto, economia, design, e outras funcionalidades que vão viabilizar uma experiência completa.Com os eletrodomésticos, funciona da mesma forma. Há muito tempo esses aparelhos deixaram de ocupar espaço e consumir uma grande parte da energia e água da casa. Além de se tornarem econômicos, são facilitadores e aliados na rotina. Passaram a ser visto como dispositivos tecnológicos e ganharam destaque por sua engenharia, material, design, cor, estilo e outros aspectos. Os eletrodomésticos se tornaram uma forma se expressar seu estilo, tanto na hora de decorar sua casa como seu estilo de vida.

Lavar roupa se tornou muito mais cômodo, prático e inteligente. A tecnologia envolvida para a realização dessa tarefa teve tantos avanços, que já é possível preservar mais os tecidos durante a lavagem graças à inteligência artificial nas máquinas de lavar. O micro-ondas, item que muitos nem tinham em casa, teve sua finalidade reformulada. O aparelho faz muito mais do que apenas aquecer alimentos: é possível, por exemplo, preparar praticamente todas as receitas utilizando-o. O ar-condicionado também se tornou mais versátil, pois, além de refrigerar, ele também aquece o ambiente e ainda conta com funções como a liberação de íons, que eliminam bactérias do ar.

A geladeira é um dos itens mais úteis e dos quais não podemos ficar sem. Desde a Era das Grandes Navegações, buscamos formas de preservar melhor os alimentos. Se antes apenas sal e pimenta eram o necessário para garantir a durabilidade, atualmente o refrigerador garante um tempo de preservação muito maior. É um produto que evolui tanto que, graças a novas tecnologias como a dos filtros higiênicos, podemos eliminar grande parte das bactérias do ambiente da geladeira. Assim, os itens ficam mais conservados.

Vemos como a questão da durabilidade é importante, principalmente nos dias de hoje. Com a pandemia, estamos saindo menos de casa e, consequentemente, fazendo menos idas ao mercado; por isso, nossas compras precisam durar por mais tempo.

O que vemos é uma nova forma de consumir. Não basta apenas comprar um produto que lave sua roupa, que gele seu refrigerante ou que aqueça sua casa. Os consumidores buscam tecnologias que vão além, que entreguem facilidade, praticidade, conectividade, conforto, que durem mais e sejam econômicas.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.