Publicidade

ROG Ally recebe update para amenizar superaquecimento de cartões micro SD

Por| Editado por Wallace Moté | 04 de Julho de 2023 às 15h46

Link copiado!

(Imagem: Reprodução/ASUS)
(Imagem: Reprodução/ASUS)

O ROG Ally foi apresentado pela ASUS como uma nova opção para rodar jogos de forma portátil, mas o produto pode ter algumas falhas estruturais. De acordo com relatos de usuários em diversas redes sociais, o console estaria danificando cartões micro SD inseridos nele, por conta de superaquecimento. A fabricante parece já estar ciente do problema, e soltou um update de firmware que foca em controlar a temperatura de funcionamento do console.

ROG Ally estaria danificando cartões micro SD

Continua após a publicidade

Dentro da estrutura do console, o leitor para os cartões de armazenamento externo fica muito próximo à saída de ar do ROG Ally, sendo essa uma parte que costuma ficar bastante quente em situações de funcionamento mais intenso.

O produto traz algumas opções que permitem ao usuário ajustar a performance para equilibrar o consumo de energia com o desempenho exigido nos jogos. Com isso, o problema estaria mais evidente no modo Turbo e em jogos pesados, quando o Ally fica consideravelmente mais quente.

De acordo com os relatos, os cartões micro SD podem perder a responsividade de uma hora para outra, mesmo em modos menos exigentes que o Turbo. Além disso, o calor excessivo em volta do leitor pode fazer com que o cartão saia de seu compartimento por conta própria, sendo possivelmente um mecanismo de segurança para evitar um dano maior.

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia
"Estava com problemas para retirar meu cartão SD do ROG Ally, para que eu pudesse colocá-lo na embalagem para devolução. Decidi somente rodar algum jogo nele por um tempo, já que o calor extremo em volta do leitor de cartão SD eventualmente empurra-o para fora."

Quando os usuários tentaram testar os cartões em outros dispositivos, como computadores com Windows, o sistema foi até capaz de identificá-los e lê-los — contudo, os arquivos contidos na unidade não poderiam mais ser acessados.

Vale lembrar que os cartões micro SD funcionam como outros tipos de componentes eletrônicos, tendo uma temperatura de funcionamento que normalmente fica entre -25 °C e +80 °C em modelos modernos de marcas como Sandisk, Kingston e Samsung. Modelos mais básicos ou antigos podem ter limitações maiores, e, em conjunto com a grande demanda por processamento de arquivos do ROG Ally, estarem aquecendo acima do limite recomendado.

Continua após a publicidade

ASUS lançou atualização para evitar superaquecimento

Poucos dias depois dos primeiros relatos feitos pelos usuários, a ASUS lançou uma atualização de software para amenizar a situação. O update é voltado para aumentar a velocidade das ventoinhas, o que deve manter o dispositivo em temperaturas mais controladas — mas aumentar o ruído de funcionamento do aparelho.

Para isso, a marca ajustou a curva de operação dos ventiladores de 30 dBA para 35dBA quando do Ally está em modo Turbo e conectado na tomada. Além disso, também houve um aumento de 25 dBA para 30 dBA quando o console está rodando com energia da bateria, no mesmo modo Turbo.

Além disso, a velocidade mínima da ventoinha no modo manual foi aumentada quando o Ally está muito quente. A temperatura específica que provoca essa mudança não foi especificada, mas é possível imaginar que seja algo próximo dos 75ºC, quando o console passa a ficar desconfortável nas mãos e perigoso para o cartão SD.

Continua após a publicidade

A princípio, a atualização chegou como uma solução provisória para o problema, e por isso não é possível garantir que ela irá de fato evitar os danos em todos os casos. Por isso, ainda é recomendado que os usuários evitem usar o produto em modos de performance mais altos enquanto o cartão SD está inserido.

O mesmo update ainda resolve um bug distinto, que causava um travamento na tela de boot quando os usuários configuravam uma senha na BIOS.

Ao mesmo tempo, alguns usuários já perceberam falhas extras no ROG Ally, como a presença de alguns "estalos" quando o produto é exigido em jogos mais pesados. Além disso, outros consumidores perceberam que a base de carregamento do produto foi incapaz de entregar toda a potência de recarga pelo USB-C — essa situação já foi citada pela ASUS em comunicado oficial, e poderá ser resolvida no futuro com mais atualizações.

A equipe do Canaltech entrou em contato com a ASUS para obter uma resposta formal referente ao tema, mas até o momento da publicação do texto não houve resposta.