Apesar da demora, GTA V nos PCs tem tudo para ser a edição definitiva do jogo

Por Durval Ramos | 08 de Abril de 2015 às 16h57

A espera foi longa e, em muitos momentos, sofrida. Depois de quase dois anos vendo o pessoal do console explorando absolutamente tudo o que Los Santos tem a oferecer, os jogadores de PC vão finalmente poder conferir tudo aquilo que a Rockstar preparou em Grand Theft Auto V.

Lançado em setembro de 2013 para PlayStation 3 e Xbox 360, o game sempre foi uma incógnita nos computadores. E nem mesmo o anúncio de que a versão realmente estava a caminho acabou com essa agonia, já que o título acabou sendo adiado mais algumas vezes depois disso.

E, faltando apenas alguns dias para que Franklin, Michael e Trevor cheguem aos PCs, surge a dúvida: a espera realmente vai valer a pena? É claro que não há como duvidar da qualidade do game, eleito o jogo do ano de 2013, mas será que as melhorias propostas pela produtora vão justificar os diversos atrasos?

Um passo a mais

Ao que tudo indica, sim. É claro que ainda é um pouco cedo para falar qualquer coisa com exatidão, mas tudo aquilo que a Rockstar mostrou até agora já deixa bem claro o quanto ela quer fazer com que o PC tenha a versão definitiva de GTA V.

A maior prova disso é o último trailer liberado. Com gráficos ainda melhores do que aquilo que vimos no PS4 e Xbox One e rodando a incríveis 60 quadros por segundo, o vídeo é uma pequena demonstração que esta edição é tudo aquilo que o jogo sempre deveria ter sido.

E, por mais que a produtora não tenha entrado em detalhes no porquê dos vários adiamentos, é bem possível que todo esse esmero seja a verdadeira razão de os jogadores estarem esperando até agora. Afinal, depois das infindáveis críticas feitas à adaptação de Grand Theft Auto IV nos computadores, era natural que a empresa tomasse muito mais cuidado dessa vez.

Em todas as declarações oficiais em seu blog, a Rockstar sempre usou a desculpa clássica para explicar por que o título estava demorando tanto. Segundo ela, ainda era preciso aparar certas arestas e trabalhar mais em determinados aspectos para entregar aos fãs a melhor experiência possível.

Assim, em termos técnicos, a espera parece realmente ter valido a pena. Além dos 60 fps, os computadores vão contar com suporte a resolução 4K e ao uso de até três monitores para dar uma visão bem mais ampla de Los Santos e de toda sua enormidade urbana.

Pode parecer exagero, mas essas adições fazem muito sentido quando você percebe como o poder de fogo extra da plataforma permitiu à equipe de desenvolvimento ir além daquilo que já tínhamos visto nos consoles. Um exemplo disso é que o draw distance — ou seja, a distância em que o cenário é desenhado na tela — foi ampliado e tudo está muito mais detalhado e realista.

GTA V

É claro, porém, que para abraçar toda a ambição da Rockstar é preciso de um PC potente o bastante para isso. Então, vamos supor que você seja um jogador realmente apaixonado pela plataforma e que não meça esforços para aproveitar uma versão definitiva como essa. Porque, apesar de tudo, tempo para se preparar foi o que não faltou.

No entanto, se não for este o seu caso, Grand Theft Auto V traz várias opções para ajustar o conteúdo à sua máquina. Assim, além da qualidade visual e dos detalhes, você vai poder reduzir até mesmo a quantidade de NPCs na tela para não sobrecarregar o sistema de processamento.

Para ter acesso ao jogo, é preciso de um pouco de paciência. No Steam, o arquivo de instalação do game pesa nada menos do que 60 GB e até mesmo a edição física chega a ser exagerada, trazendo 7 discos.

Realmente completo

Embora todo mundo tenha surtado com as possibilidades de GTA V quando ele chegou pela primeira vez aos consoles, em 2013, a verdade é que ele ainda estava muito incompleto. A campanha principal, focada nos três protagonistas, era tudo aquilo que os fãs esperavam, mas a parcela multiplayer do game havia sido anunciada com muita pompa e com a promessa de ser uma enorme revolução — o que não aconteceu.

GTA Online foi liberado meses depois, ainda repleto de problemas nos servidores, o que foi ajustado só algumas semanas mais tarde. E, mesmo quando as coisas se normalizaram, ele só começou a ganhar forma quando muita gente já tinha encostado o jogo, tanto que muitos nem se interessaram em revisitar o modo para conferir a chegada dos Golpes.

GTA V

Essa é uma novela que não vai se repetir nos PCs. Apesar de o atraso de quase dois anos ter sido desesperador para muita gente, ele serviu para que o game chegasse com tudo aquilo que tem direito, incluindo as novidades que foram inseridas no PS4 e Xbox One, como a visão em primeira pessoa e a possibilidade de colocar até 30 jogadores em uma única sessão.

O outro lado da questão

Parte da graça de ver um jogo como GTA nos PCs está exatamente na facilidade com que hackers podem criar mods para ele. Com o lançamento do game na próxima semana, pode se preparar para assistir dezenas de vídeos mostrando alterações nos personagens, veículos e em uma variedade enorme de outros aspectos. No entanto, até que ponto isso vai ser permitido?

Essa é uma preocupação que existe por duas razões bem importantes. A primeira é a própria questão de equilíbrio para que esses mods não atrapalhem os outros jogadores no modo online. E a própria Rockstar já disse que seu principal objetivo é manter a integridade de GTA Online, protegendo aquele ambiente e impedindo que a ação desses hackers afete negativamente a comunidade.

Em entrevista ao site TechRadar, o diretor técnico do estúdio, Adam Fowler, explicou que a empresa vai estar atenta às demandas dos jogadores para saber até que ponto essas modificações serão aceitas sem prejudicar a experiência como um todo.

GTA V

Em paralelo a isso tudo, há todo o passado espinhoso existente entre os hackers e a própria desenvolvedora. Apesar de a Rockstar sempre ter apoiado a criação de mods para seus jogos, as polêmicas envolvendo o conteúdo sexual de HotCoffee em GTA: San Andreas estremeceram essa relação por um bom tempo.

Rockstar Editor

GTA V chega aos PCs com um recurso inédito: o Rockstar Editor.

Por mais que ela não seja uma ferramenta para criar conteúdo para o jogo como muitos podem pensar, a novidade está sendo considerada pela sua desenvolvedora como uma das maiores adições dentro da franquia. Em termos práticos, é quase como um editor de vídeos para que você possa criar seus próprios filmes a partir daquilo que jogou.

Assim, você pode gravar aquele assalto a banco e sua fuga incrível para aplicar várias opções de ajustes. É possível desde alterar o ângulo da câmera em determinadas cenas, além de adicionar filtros e outros efeitos de imagem. Com um pouco de paciência, você pode ser seu próprio Michael Bay — só que muito melhor.

GTA V

Já para os que gostam de coisas mais autorais, o Rockstar Editor traz um modo específico para quem sempre sonhou em ser diretor. A partir dele, os jogadores podem determinar o que vai estar em cena e até posicionar os personagens para que tudo fique do jeito que quiser.

Para tornar a coisa mais interativa, todas as criações podem ser compartilhadas diretamente com o YouTube a partir de poucos cliques, fazendo com que os envios sejam rápidos e sem complicação.

Prepare seu PC

Diante disso tudo, não há como negar que os PCs estão prestes a receber a versão definitiva de GTA V. Por mais que você não veja sentido na velha história de que os computadores são a "raça suprema" dos jogos, a plataforma realmente consegue ir muito além do que os consoles em diferentes aspectos — mesmo que isso faça com que os jogadores tenham de esperar um pouco mais.

Assim, seja você alguém que está desde 2013 esperando para conferir o game ou um velho conhecido do trio de protagonistas, a Rockstar conseguiu trazer conteúdo o suficiente não apenas para justificar a espera como ainda fazer com que você cogite comprar o título mais uma vez.

Los Santos sempre foi um lugar incrível, mas ele consegue ser ainda melhor a cada nova visita.

Via: Rockstar, TechRadar

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.