Após ataque que expôs 4,6 milhões de usuários, Snapchat será atualizado

Por Redação | 03 de Janeiro de 2014 às 18h36

O aplicativo de mensagens "autodestrutivas", o Snapchat, foi hackeado nas primeiras horas de 2014. No ataque, os invasores obtiveram acesso aos dados de mais de 4,6 milhões de usuários do serviço e os expuseram na internet no site SnapchatDB. Agora que o estrago já foi feito, o aplicativo receberá uma atualização que desligará a função de busca de amigos, uma das principais responsáveis pela brecha de segurança no app.

Em seu blog oficial, o Snapchat diz que o recurso - que faz uso do número de telefone dos usuários para ajudá-los a serem localizados por amigos - poderá ser desabilitado após o usuário fazer a verificação do número. Além dessa medida, a empresa irá limitar a quantidade de consultas que poderão ser feitas à base de dados do aplicativo para evitar que indivíduos mal-intencionados possam extrair as informações dos usuários.

Falhas de segurança do Snapchat já haviam sido descobertas e divulgadas por grupos de hackers no passado. A empresa, no entanto, não deu ouvidos aos relatos e optou por não atualizar o aplicativo. Tamanho desleixo fez com que hackers decidissem por expor o programa e suas vulnerabilidades para convencer a empresa a consertá-las.

Agora, o Snapchat pede desculpas e se diz "um lugar onde amigos se sentem comfortáveis para se expressar" e que eles estão "dedicados a evitar abusos".

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.