Publicidade

Review Amazfit Bip 5 | A smartband básica com Alexa

Por| Editado por Léo Müller | 18 de Outubro de 2023 às 10h34

Link copiado!

Review Amazfit Bip 5 | A smartband básica com Alexa
Review Amazfit Bip 5 | A smartband básica com Alexa
Amazfit Bip 5

A Amazfit Bip 5 chega ao mercado com tela grande e bateria com ótima autonomia. Porém, o maior upgrade da smartband com Zepp OS é a compatibilidade com a Alexa, garantindo o controle de dispositivos de casa inteligente. Confira o que mais vale a pena nesse produto na análise completa.

Design e tela

Continua após a publicidade

A Amazfit Bip 5 continua com o design parecido com a geração anterior. O que difere os modelos é que o corpo do modelo mais recente está mais protuberante, e o botão de controle na lateral está maior.

Outra alteração no dispositivo tem a ver com a pulseira. Agora, assim como o Galaxy Watch 6, a tira que vai ao braço fica mais discreta. O processo de remoção continua simples, e isso ajuda quem gosta de ter o relógio mais adaptado ao seu estilo.

Continua após a publicidade

A Bip 5 tem tela LCD de 1,91 polegadas, e isso significa que a smartband sofreu um downgrade, já que a antecessora tinha painel AMOLED. Como consequência, o brilho máximo em ambientes bem iluminados precisa ser ajustado ao máximo para valer o uso em atividades físicas.

Sistema operacional

Continua após a publicidade

Apesar de eu considerar a Amazfit Bip 5 como uma pulseira inteligente, o aparelho traz um sistema operacional próprio, o Zepp OS. Apesar disso, a interface não recebeu nenhuma melhoria, quando comparada com a versão apresentada em 2022.

Como consequência, chamar esse produto de smartwatch seria um erro. Grande parte dos recursos, como leitura de notificações dos aplicativos de mensagem, cronômetro, controlados de músicas, entre outros, já estão presentes em opções que não entregam sistemas mais robustos. Logo, é um software muito limitado.

Porém, é importante ressaltar que as opções de watchfaces são interessantes para a personalização do layout. Logo, a presença de mais de 70 alternativas, sem cobranças adicionais, é uma vantagem para o público-alvo.

Continua após a publicidade

Integração com o celular

A integração da Amazfit Bip 5 com o celular é realizada por meio do aplicativo Zepp, que pode ser baixado em dispositivos Android e iOS (iPhone). A conexão é Bluetooth 5.0, e se mostra bem estável desde a primeira configuração.

Apesar de o app estar disponível na Play Store, é necessário baixar o aplicativo pelo site da fabricante, pois a versão da loja do Google é incompatível para conexão.

Continua após a publicidade

Monitoramento de saúde e exercícios

Em relação ao monitoramento de saúde, a Bip 5 tem leitor de frequência cardíaca, oxímetro, rastreamento de sono e gerenciamento do ciclo menstrual. Entre os modos de exercício, existem mais de 100 opções rastreáveis pela smartband.

O fato de ela ter o GPS integrado ajuda quem pratica atividades externas, pois permite o registro geográfico dos locais em que você passou, tudo em tempo real.

Continua após a publicidade

Autonomia de bateria

A Amazfit Bip 5 promete até 10 dias de autonomia. Nos meus testes, o dispositivo foi capaz de consumir 9% de sua carga por dia, com o medidor de frequência cardíaca ligado 24 horas. Considerando esse padrão de gasto, ele pode entregar até 11 dias de uso prático.

Concorrentes diretos

Continua após a publicidade

Uma opção concorrente do Bip 5 é o Huawei Watch Fit Special Edition, que já passou pela nossa bancada de testes. Esse relógio é ótimo para o monitoramento de atividades físicas, e a sua tela AMOLED tem brilho versátil para qualquer condição de luz. O modelo já é comercializado no Brasil por R$ 500, gerando uma boa vantagem quando comparado ao produto importado.

A Amazfit Bip 5 vale a pena?

Continua após a publicidade

A Amazfit Bip 5 vale a pena, mas com ressalvas. O produto recebeu alguns upgrades, como a compatibilidade com a Alexa. Entretanto, trocou a tela AMOLED por LCD, o Zepp OS não ganhou lapidações e nem mesmo o Always On Display chegou para o produto.

Para quem já tem a Amazfit Bip 3, não faz sentido realizar o upgrade. Considerando o preço acima de R$ 500, via importação e sem considerar as taxas, é melhor adquirir a Huawei Watch Fit Special Edition. Ela está à venda por um preço parecido em varejistas do Brasil, e tem recursos parecidos e uma tela melhor.