Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Como são escolhidos os indicados e os vencedores do Oscar?

Por| Editado por Jones Oliveira | 06 de Março de 2023 às 14h35

Link copiado!

Reprodução/AMPAS
Reprodução/AMPAS

O Oscar é um dos principais referenciais dos melhores filmes do ano — ainda que não seja um indicador absoluto de qualidade cinematográfica. As listas de indicados e, depois, dos vencedores, consagram histórias, atores, diretores e outros membros da produção em uma cerimônia transmitida para todo o mundo que, ainda que não sirva como sinal absoluto de qualidade, traz a discussão sobre cinema anualmente à tona.

A forma de selecionar e premiar os filmes também muda ao longo do tempo, com safras diversificadas que também indicam uma Academia que vai perdendo sua unidade, se diversificando e renovando suas predisposições. Entre comentários de especialistas sobre a politicagem de alguns prêmios e a fórmula que convence os membros — os chamados "Oscar Baits" — entram também as bolsas de apostas e os comentários das redes sociais que tentam prever os vencedores e lembram os esnobados.

Continua após a publicidade

Na prática, como funciona a votação para os indicados ao Oscar? Como a Academia escolhe quem vai concorrer a cada prêmio e, principalmente, os vencedores? O processo não é dos mais fáceis e envolve diferentes critérios e mesas de jurados, de acordo com a categoria.

Quem escolhe os indicados ao Oscar?

Composta atualmente por cerca de10,5 mil membros, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas é a responsável por indicar os filmes e definir os vencedores de cada categoria. Cada integrante envia uma lista com suas indicações em ordem decrescente, do preferido ao que menos aprovou.

Cada categoria conta com cinco indicados, com exceção de Melhor Filme, onde 10 produções concorrem. As listas enviadas pelos membros da Academia precisam conter o número exato de nominados, caso contrário, a participação é considerada inválida.

A categoria de Melhor Filme é a única em que todos os membros da Academia podem votar, ainda que isso não seja obrigatório. Nas outras, cada participante escolhe os indicados em seu campo de atuação; diretores votam em diretores, atores em atores e profissionais técnicos escolhem os melhores efeitos especiais, sonoros ou a maquiagem, por exemplo. Há, ainda, um recorte de gênero, com atrizes votando somente nas categorias de atuação feminina e vice-versa.

O Oscar de Melhor Filme Internacional (anteriormente conhecido como "Filme Estrangeiro") é a única com um formato diferente, no qual todos os países são convidados a selecionarem um candidato cada. Essas escolhas passam por dois comitês especializados da Academia; o primeiro seleciona 15 possíveis indicados e o segundo escolhe os cinco que efetivamente irão concorrer ao prêmio.

A fórmula mágica do Oscar

Continua após a publicidade

Até 2023, o Oscar usava uma série de contas matemáticas e equações para definir, a partir de um sistema de pontuação, os indicados a Melhor Filme. Em 2024, entretanto, o sistema se tornou mais simples e passou a ser baseado em ranking, com rodadas de eliminação e seleção de nominados de acordo com a posição que ocupam na preferência dos membros da Academia.

Caso um filme apareça na primeira colocação em mais de metade das cédulas submetidas pelos votantes, ele já garante uma indicação ao prêmio. Na sequência, acontece o inverso, com a parte inferior da tabela sendo avaliada — os longas com menos preferência vão sendo eliminados até que a Academia obtenha a lista dos 10 indicados.

Continua após a publicidade

Quando o favorito de um integrante é eliminado, o voto para o segundo colocado começa a valer e, assim, sucessivamente, até que todas as vagas sejam preenchidas. O formato gerou críticas após seu anúncio para o OScar de 2024, por supostamente favorecer monopólios de superproduções e dificultar indicações de filmes mais ousados, independentes ou com distribuições limitadas, que seriam vistas por menos membros e, assim, teriam menos chance de aparecerem entre os preferidos.

Como são escolhidos os vencedores do Oscar

A seleção de ganhadores do prêmio da Academia é ainda mais simples, basicamente uma votação comum. Os membros de cada segmento escolhem apenas um dos indicados e quem tiver mais votos leva o Oscar para casa.

Continua após a publicidade

Os recortes de gênero e especialidade também valem aqui. Enquanto todos os integrantes da Academia podem votar na categoria de Melhor Filme, apenas cineastas escolhem o Melhor Diretor, somente maquiadores votam em seus pares e assim por diante. Há, ainda, a distinção por gênero, com atrizes votando apenas em indicadas do gênero feminino e atores escolhendo apenas os intérpretes masculinos.

Regras especiais também regulam as escolhas em algumas categorias. No caso de Melhor Filme Estrangeiro, por exemplo, todos os membros da Academia podem votar, desde que tenham assistido a todos os indicados em sessões de cinema promovidas e registradas pela própria associação.

* Colaborou Sihan Felix.