Fotos mostram o perigo que as baterias defeituosas do MacBook Pro podem causar

Por Rafael Rodrigues da Silva | 04 de Julho de 2019 às 17h10
Tudo sobre

Apple

Saiba tudo sobre Apple

Ver mais

Em junho deste ano, a Apple iniciou um recall de aparelhos MacBook Pro que foram comprados entre setembro de 2015 e fevereiro de 2017. O motivo para o recall era de que a bateria desses aparelhos tinha um problema de fabricação que poderia causar sérios riscos de segurança, inclusive com a possibilidade de explodir. E, infelizmente, temos as primeiras imagens do estrago que essas baterias podem causar a seus donos.

O caso ocorreu com o designer Steven Gagne, residente da cidade de Pensacola, no estado da Flórida (EUA). No dia 17 de junho, Gagne postou em sua conta no Facebook um problema que teve com o seu MacBook Pro, que explodiu e levantou uma pequena chama enquanto ele dormia, fazendo-o acordar com o barulho da explosão e o cheiro de fumaça que invadiu seu quarto.

É importante salientar que, de acordo com Gagne, o aparelho não estava em uso no momento do acidente, e ele garante que o aparelho estava com a tela abaixada, em modo de repouso e desconectado da fonte, descansando sobre uma mesa. A sorte de Gagne foi que, justamente neste dia, o notebook estava sobre uma mesa de vidro e longe e qualquer material inflamável, o que tornou fácil conter a chama. Se ele estivesse nos lugares em que Gagne normalmente o deixava — como em cima do sofá ou na mesa de seu escritório, perto de várias revistas e jornais — o resultado poderia ser bem pior, e o designer provavelmente teria que enfrentar um incêndio de grandes proporções em sua residência.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.
Buraco causado pela explosão da bateria do MacBook Pro (Imagem: Steven Gagne)
Os líquidos corrosivos da bateria se espalharam por todo o notebook, queimando também o trackpad (Imagem: Steven Gagne)

Pela imagens compartilhadas por Gagne, é possível ver que a explosão da bateria fez um buraco na base do notebook, e a chama atravessou o aparelho e fez um buraco idêntico na mesa onde ele estava. Além disso, também é possível ver marcas de queimado por toda a extensão do local onde os fluídos do equipamento se espalharam, como em toda a região do trackpad.

Você pode descobrir se o seu aparelho faz parte do recall diretamente no site da Apple, que possui uma ferramenta onde você pode digitar o número de série de seu equipamento e a empresa irá te avisar se ele faz parte ou não dos modelos com possível defeito. Caso seja um desses modelos, a Apple recomenda que você pare de utilizá-lo imediatamente e entre em contato da empresa para que ela possa trocar a bateria do equipamento sem custos. Esse contato pode ser feito direto em uma Apple Store, em qualquer Assistência Autorizada da Apple ou mesmo através do próprio site da empresa.

Fonte: Apple Insider

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.