Snack compra Amazing Pixel interessada em produção de conteúdo pra o YouTube

Por Ares Saturno | 17 de Julho de 2018 às 15h09

Com o avanço das tecnologias e inclusão digital, mudam também as formas como nos relacionamos com as mídias audiovisuais e o entretenimento. É cada vez mais comum procurarmos informações e lazer assistindo a vídeos feitos por blogueiros e canais no YouTube com o melhor das produções do tipo Faça Você Mesmo, além de seguirmos aqueles canais bem produzidos e já consagrados pela audiência da plataforma de vídeos.

É o caso do Porta dos Fundos, canal brasileiro de humor no YouTube que, com todo o sucesso de audiência que teve, foi comprado em 2017 pela gigante americana Viacom, proprietária da MTV, Paramount e Nickelodeon.

Na última segunda-feira (16), entretanto, a rede Snack arrematou por R$ 12 milhões a rival Amazing Pixel, numa tentativa de consolidar conteúdos que sejam atrativos para os internautas, mostrando que o mercado de canais que produzem exclusivamente para o YouTube está se organizando e gerando fusões e aquisições milhonárias. “Estamos nos tornando cada vez mais parecidos com uma empresa de mídia, só que voltada somente ao YouTube”, disse Vitor Knijnik, sócio da Snack.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Com a aquisição, a Snack passa a controlar diferentes canais que abordam os principais temas que as audiências gostam de ver no YouTube: fofocas, turismo, jogos, culinária, cuidados estéticos e vlogs. Alguns dos segmentos possuem mais de um canal, o que facilita na publicidade do conglomerado, ajudando a angariar mais visualizações e aumentando o número de usuários inscritos. Atualmente, a junção de todos os 71 canais controlados pela Snack, incluindo na conta os recentemente adquiridos pela compra da Amazing Pixel, somam 62 milhões de inscritos e 210 milhões de visualizações por mês.

Os sócios da Snack Vitor Knijnik e Nelson Botega (em pé) acreditam na produção local de conteúdo para o YouTube (Foto: Sergio Castro / Estadão)

As expectativas são de que a Snack consiga dobrar seu faturamento nos próximos meses, com bons prospectos para o crescimento da empresa. Os planos para o futuro da Snack incluem criar pequenos polos de gravação de vídeos, que inicialmente estarão restritos à cidade de São Paulo. “Não queremos que o youtuber venha até a gente. A gente quer estar presente onde seja mais conveniente para ele", disse Knijnik.

Guga Mafra, criativo na Amazing Pixel, escreveu em sua conta no LinkedIn sobre a parceria firmada com a Snack, que passa a ter totalidade sobre as cotas da empresa arrematada, que manterá Mafra como consultor. "A gente cresceu demais para ser só um projeto paralelo e precisávamos dar esse próximo passo para continuar cumprindo a nossa missão. E a Snack se mostrou a parceira ideal pra isso. Eles compartilham da nossa visão, do nosso espírito e da nossa paixão pelo conteúdo" disse Mafra na publicação.

Com a divulgação da notícia, muita gente pensou que a compra incluiria o canal Jovem Nerd, criado em 2012 e que anteriormente teve parceria com a Amazing Pixel. Entretanto, um dos co-fundadores do Joven Nerd, Deive Pazos, esclareceu por meio de seu Twitter que a compra nada tem a ver com o canal, uma vez que eles já não estavam mais em parceria com a Amazing Pixel há mais de um ano, como pode ser visto na reprodução abaixo:

Fonte: Estadão, Guga Mafra via LinkedIn

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.