Alphabet planeja investir US$ 1 bi em projeto de carro autônomo com a Lyft

Por Redação | 22 de Setembro de 2017 às 17h57
photo_camera Reprodução

O mercado de carros autônomos é um dos mais quentes atualmente. E a fase é promissora para startups, que começam a crescer e atrair a atenção de grandes players.

É o caso da Lyft, rival da Uber. Ela caiu no radar da Alphabet, a holding que controla o Google, e agora pode receber um investimento de US$ 1 bilhão para projetos relacionados a carros autônomos.

Esse aporte vai dar fôlego para um enfrentamento contra a Uber, rival das duas empresas — a Lyft é concorrente direta, enquanto o Google trava uma batalha jurídica por roubo de segredos comerciais.

As duas empresas já mantinham relações amistosas. Em maio, a unidade de carros autonômos da Alphabet, a Waymo, assinou um acordo com a Lyft para colaborar com tecnologia para esses veículos. Depois, em julho, a Lyft anunciou que estava formando uma divisão de carros autônomos e que a Waymo seria um dos seus parceiros.

Esse investimento contempla ainda estudar os consumidores e como eles usam a plataforma da Lyft.

Meta para cinco anos

O projeto da Lyft passa por expandir o negócio de carros autônomos para que em cinco anos eles representem a maior parte das viagens da empresa.

O investimento do Google pode ajudar a empresa a atingir esse objetivo e oferecer uma grande vantagem em relação à Uber.

Fonte: Business Insider

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.