Vendas do Apple Watch caem mais de 50% no primeiro trimestre

Por Redação | 01 de Maio de 2016 às 16h00

O Apple Watch, relógio inteligente da Maçã, acaba de completar um ano. Apesar do gadget ter sido um sucesso comercial, esmagando concorrentes de peso como Samsung, os resultados de vendas de smartwatches para o primeiro trimestre deste ano revelou uma perda significativa na participação de mercado e também em número de unidades vendidas.

No trimestre foram vendidos 4.2 milhões de smartwatches no mundo, um aumento de 223% em relação ao mesmo período do ano passado, já que este mercado ainda era bem fraco. O Apple Watch teve 52% de participação de mercado, com 2.2 milhões de unidades vendidas, enquanto que a Samsung vendeu tímidas 600 mil unidades, fechando com 14% do mercado. Porém, quando comparamos as vendas de agora com o trimestre anterior (T4 2015), temos uma queda de mais de 50% no total de smartwatches vendidos.

Vendas Smartwatches

Com isso, a Apple, que antes detia 63% deste mercado, fechou o trimestre com “apenas” 52.4% de participação, uma queda de mais de 10 pontos percentuais. A Samsung também sofreu queda, passando de 16% a 14.3%. Enquanto os dois líderes de mercado viram suas vendas cair significativamente, a concorrência comemorou, já que quando comparado ao trimestre anterior, a participação passou de 21 a 33.3%. No entanto, o número de unidades vendidas também caiu de 1.7 para 1.4 milhões.

Um dos principais motivos para a queda nas vendas é o esfriamento no mercado após o período de festas, especialmente importante no mercado americano - um dos maiores mercados consumidores de eletrônicos. O período entre o Dia de Ação de Graças, Natal e Ano Novo representa as maiores vendas no setor. Então, agora que todo mundo já está com seu Apple Watch ou Gear S2, as vendas caem significativamente.

Normalmente o ciclo de lançamento de produtos da Apple é anual. Então, sabemos que a Apple deve lançar o próximo iPhone em setembro, ou em um período bem próximo a isso. Contudo, o Apple Watch fez 1 ano no último dia 24, mas até agora não há notícias sobre a próxima versão do gadget. Rumores indicam que a empresa está sim trabalhando em um Apple Watch 2, porém a data de lançamento é incerta e deve acontecer só no final do ano.

Apesar de ter trazido uma quantidade significativa de faturamento para a Apple, o Watch ainda não proporciona uma utilidade real e indispensável, como é o caso de um iPhone ou iPad, por exemplo. Além disso, a concorrência está apertando tanto para Apple quanto Samsung, com diversas fabricantes chinesas como Huawei também investindo pesado na área. Com isso, o sucesso de vendas da próxima versão do Watch vai depender da atratividade de novos recursos e diferenciais adicionados pela Apple.

Fonte: Strategy Analytics.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.