Uber demite um terço de seu departamento de marketing globalmente

Por Se Hyeon Oh | 29 de Julho de 2019 às 22h10
Tudo sobre

Uber

Saiba tudo sobre Uber

Ver mais

De acordo com a CNN, a Uber está demitindo cerca de um terço de sua equipe global de marketing. Essa informação foi confirmada nesta segunda (29) pela própria Uber e foi dito que a reestruturação interna está, infelizmente, cortando cerca de 400 pessoas de um total de 1.200 dos profissionais de marketing da empresa.

De acordo com um e-mail enviado pelo CEO da Uber, Dara Khosrowshahi, a empresa não está realizando essas mudanças por acreditar que o marketing tornou-se menos importante para a Uber, mas sim por entender que há um objetivo mais “poderoso, unificado e dinâmico que nunca foi tão importante. A Uber também explica que "muitas de nossas equipes são muito grandes, o que cria trabalho sobreposto, torna os donos de decisões menos claros e pode levar a resultados medíocres".

Apesar dessa afirmação de Khosrowshahi, vale lembrar que, após a Uber se tornar uma empresa pública, lançando ações no mercado americano, o primeiro relatório de lucros da empresa revelou que ela perdeu US$ 1,01 bilhão nos primeiros três meses deste ano, de forma que a receita de seu principal negócio de viagens cresceu apenas 9% em relação ao ano anterior.

Além disso, esse não é o primeiro corte que ocorre dentro do departamento de marketing da companhia. No início de junho, Khosrowshahi anunciou que dois altos executivos estavam deixando a empresa, incluindo a diretora de marketing Rebecca Messina. No caso, a Messina só estava no cargo há nove meses, mas o CEO disse que sua saída se deu em razão da decisão de combinar equipes de marketing, comunicação e políticas.

Fonte: CNN

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.