Oracle acusa Google de ter destruído o mercado Java

Por Redação | 14.08.2015 às 11:51 - atualizado em 14.08.2015 às 16:05

A Oracle anunciou que está ampliando a sua batalha judicial contra o Google sobre direitos autorais. A companhia alegou que a empresa de Mountain View destruiu o mercado para o Java.

Famosa por seus sistemas de banco de dados, a Oracle apresentou uma solicitação no final do mês passado para aumentar seu caso contra o Android. Agora, uma queixa suplementar requerida nesta semana em São Francisco, nos EUA, consta as seis novas versões Android que foram lançadas pelo Google desde que a Oracle deu início ao processo em 2010. A listagem das versões inclui a Gingerbread, Honeycomb, Ice Cream Sandwich, Jelly Bean, KitKat e Lollipop.

"Como aconteceu com versões anteriores do Android, esses seis lançamentos Android copiam milhares de linhas de código fonte da plataforma Java, assim como a estrutura, sequência e organização dessa plataforma. Assim como antes, essa cópia constitui violação de direitos autorais", declarou a Oracle.

O resultado da alegação feita pela companhia especializada em hardware, software e gerenciamento de banco de dados é que seu negócio baseado na linguagem de programação foi prejudicado significativamente. "Dado o amplo domínio que o Android alcançou com seu contínuo uso desautorizado de 37 pacotes de API Java nos últimos anos, o Android destruiu irreversivelmente a proposta fundamental de valor do Java como um potencial sistema operacional para aparelhos móveis", acusou a Oracle.

A acusação ainda diz que o Android aumentou sua participação no mercado ao ir além dos smartphones, estando presente atualmente em aparelhos wearables, TVs, carros e vários outros aparelhos domésticos. Isso potencializa o uso indevido das milhares de linhas de código fonte do Java que a Oracle acusa o Google de ter copiado. De acordo com o documento da companhia, a forte participação do Android permite que a gigante de buscas "ganhe enormes lucros da exploração direta e indireta do código violado".

Desta forma, a Oracle busca um julgamento declaratório contra o Google, exigindo uma ordem de proibição, danos e um pedido cobrindo os custos com honorários de seus advogados que já trabalham no caso há mais de 4 anos.

Fonte: ITWorld

Fonte: http://developers.slashdot.org/story/15/08/13/2227205/oracle-google-has-destroyed-the-market-for-java?utm_source=rss1.0mainlinkanon&utm_medium=feed