Netflix e Amazon se desdobram para conquistar mercado bilionário da Índia

Por Wagner Wakka | 06 de Julho de 2018 às 15h30

A Netflix e a Amazon estão disputando um mercado ainda pouco explorado no universo dos streamings em vídeo: a Índia. No segundo maior mercado de internet do mundo, perdendo somente para a China, ambas empresas ainda apanham para emplacar seus serviços na região. Para isso, elas estão preparando produções locais para tentar ganhar o gosto do indiano.

A Netflix, por exemplo, estreia nesta sexta-feira (6) uma série chamada Sacred Games, baseada em um romance do escritor indiano Vikram Chandra. A produção exclusiva para a plataforma conta a história de Sartaj Singh, um policial que vive sob a fantasma do pai, um reconhecido ex-policial, mas que caiu por conta de corrupção.

Já a Amazon trabalha a produção de Comicstaan, um reality show em que um grupo de comediantes locais anda pelo país em busca de um novo talento do humor na região. Esta é a quarta produção do serviço no país, que ainda não conseguiu se firmar no mercado indiano.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A Amazon já confirmou mais sete produções em andamento focadas na cultura indiana exclusivamente para o seu serviço.

Quem domina a região atualmente é a Hotstar. A empresa é controlada pela Fox e conta com uma fatia de 70% do público no país. Segundo dados do próprio CEO da empresa, Ajit Mohan, em três anos e meio de serviço na região, a Hotstar levantou 150 milhões usuários ativos por mês. Em comparação, a Netflix não passa de um milhão de assinantes no país.

Com um potencial de uma população de 1 bilhão de pessoas, a Índia é um mercado que interessa e muito a ambos serviços de streaming. Mas não só às duas: segundo levantamento oficial de Bollywood, organização de artistas do país, nos últimos três anos surgiram mais de 35 serviços do tipo por lá, grande parte versões online de canais de TV local.

Um destes exemplos é o canal Balaji Telefilms. A rede detém um dos programas de TV mais vistos do país, cujo lançamento digital rendeu 2,5 milhões de assinantes no último ano.

Atualmente, o mercado indiano de vídeo por streaming é avaliado em US$ 700 milhões, com expectativa de crescimento para US$ 2,4 bilhões até 2023.   

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.