Lenovo está impedindo que usuários instalem Linux em seus notebooks

Por Sérgio Oliveira | 21 de Setembro de 2016 às 08h33

Se você é usuário de notebooks Lenovo e tem planos de algum dia instalar alguma distribuição Linux nele, é bom tirar o cavalinho da chuva. Em uma publicação no Reddit nesta quarta-feira (21), um dono de um Yoga 900 revelou que o notebook simplesmente não aceita a instalação do sistema operacional livre e que isso pode ser uma política adotada pela Lenovo em parceria com a Microsoft.

Intrigado e curioso para saber o motivo do bloqueio, o usuário se dirigiu à loja onde adquiriu o aparelho. Lá, um representante da Lenovo lhe explicou que o notebook fazia parte da linha "Signature Edition", que oferece uma "experiência limpa e sem bloatwares" no Windows 10, e que por questões contratuais com a Microsoft não era permitido instalar outro SO.

Em contato com o pessoal do TechRepublic, um porta-voz da fabricante chinesa negou que ela esteja impedindo a instalação de outros sistemas operacionais. As palavras que ele usou para isso, no entanto, soaram estranhas e fazem parecer que a culpa, na verdade, é das distros Linux.

"A Lenovo não impede que os usuários instalem outros sistemas operacionais em suas máquinas, mas acredita que os fornecedores desses sistemas têm de liberar os drivers apropriados", disse o porta-voz ao referido site. Ainda de acordo com ele, assim que os drivers e o kernel do SO livre forem atualizados, então "os usuários conseguirão instalá-lo em SSDs com RAID".

De acordo com o redditor, o problema na realidade não é esse e está relacionado à BIOS das máquinas "Signature Edition" da marca, que estão vindo com uma opção da BIOS bloqueada. Devido a isso, é impossível alternar entre o modo RAID e AHCI, que possibilitaria que o pinguim identificasse as unidades de armazenamento e fosse instalado. Ainda segundo o usuário, PCs "Signature Edition" de outras fabricantes têm essa opção liberada, o que sugere que ela foi travada deliberadamente pela Lenovo.

A publicação repercutiu e outros usuários comentaram que os fóruns da Lenovo eram lotados diariamente com reclamações do mesmo tipo, mas que a empresa chinesa as apagava sem qualquer explicação.

Diante dessa queda de braço, fica evidente que a Lenovo não tem planos de liberar uma atualização de firmware para corrigir o "problema". Apesar disso, usuários vêm indicando uma gambiarra bem complicada (e não recomendada) para poder instalar o Linux nas máquinas: soldar a BIOS e instalar uma ROM modificada nela para então poder alterar suas configurações e instalar uma distro Linux.

Via Xataka, TechRepublic, Reddit, Bios Mods

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.