Irmão de Pablo Escobar promete "atacar" Elon Musk e Apple

Por Rafael Rodrigues da Silva | 11 de Outubro de 2019 às 08h40
PRNewsFoto/Escobar Inc.

Conhecido principalmente por ser o irmão do famoso traficante Pablo Escobar, Roberto de Jesus Escobar Gaviria tem um objetivo muito claro em mente: derrubar a Apple e a The Boring Company.

Como dono da Escobar Inc., Roberto é o único detentor da marca ”Pablo Escobar”, e tem travado uma enorme guerra judicial para ser reconhecido como tal. E o irmão do traficante ganhou uma de suas primeiras batalhas: nesta quinta-feira (10), a Escobar Inc. ganhou os direitos de uso sobre o domínio PabloEscobar.com, o qual será utilizado para criar o site oficial da companhia.

A ação judicial, que foi iniciada em agosto deste ano, acusava os antigos donos do domínio de cybersquatting — uma prática que consiste na compra de endereços da web para criar páginas falsas e se passar por uma empresa ou uma celebridade, algo que é considerado crime nos EUA. Os antigos donos haviam oferecido a compra do domínio por US$ 3 milhões, mas como Roberto acreditava que o endereço era seu por direito, entrou com uma ação para reavê-lo. Como ninguém durante o processo contestou o direito à propriedade do domínio demandado por Escobar, e o dono do endereço não quis comparecer à sessão de arbitragem, o juiz deu o caso como vencido para o irmão de Pablo.

Produtos oferecidos pela Escobar Inc.

Por enquanto, o domínio se encontra fora do ar, mas Roberto promete que o website do grupo Escobar Inc. estará online já em 2020, e irá vender diversos produtos baseados no traficante — entre eles o famoso lança-chamas projetado por Pablo.

Dá-lhe chamas!

É exatamente o lança-chamas que indica qual será o próximo alvo na empresa nos tribunais: o excêntrico bilionário Elon Musk. Isso porque o famoso lança-chamas desenvolvido pela The Boring Company (uma das diversas empresas de Musk) teria sido inspirado no lança-chamas de Pablo Escobar, mas Musk nunca pagou nenhum tipo de licenciamento para usar o projeto. De acordo com Daniel Reitberg, COO da Escobar Inc., a empresa está preparando uma série de ações contra Musk, e promete fazer com que ele se arrependa de ter roubado a propriedade intelectual de Pablo.

Mas o site de Escobar não deverá apenas oferecer camisas e canecas com o rosto do traficante ou lança-chamas personalizados. De acordo com o CEO da empresa, Olaf Gustaffson, a Escobar Inc. também oferecerá a seus clientes tecnologia de ponta, e promete que os produtos da empresa serão tão avançados que irão desbancar a Apple do mercado de tecnologia.

Comparação entre lança-chamas da Escobar Inc. e o produzido por Elon Musk

Por enquanto, não foram oferecidos detalhes sobre quais serão esses produtos com “tecnologia de ponta”, mas essa não seria a primeira vez que a Escobar Inc. tenta entrar no mercado de tecnologia. Em 2018, Escobar lançou o Diet Bitcoin, a criptomoeda da empresa que, segundo Roberto, em pouco tempo valeria muito mais do que o Bitcoin.

A moeda foi lançada junto com um livro onde o irmão do traficante explicava por que a moeda dele valeria mais: no livro, Roberto afirmava que o criador do Bitcoin não foi Satoshi Nakamoto, mas que a moeda, na verdade, foi criada pelo governo dos Estados Unidos, e assim que as pessoas descobrissem isso, a CIA irá sumir com todas as moedas e desestabilizar a economia mundial.

Como qualquer boa teoria da conspiração, o livro de Roberto Escobar trazia essas “revelações” sem qualquer tipo de documento que comprove a veracidade delas. Até o momento, a CIA ainda não acabou com o mercado de Bitcoin, e enquanto a moeda está valendo cerca de US$ 8.500 por cada Bitcoin, a cotação do Diet Bitcoin atual é de US$ 0,000093 por moeda.

Fonte: TNW

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.