Fim da linha para BlackBerry? TCL não desenvolverá mais smartphones da marca

Por Felipe Junqueira | 03 de Fevereiro de 2020 às 17h30
Tudo sobre

BlackBerry

Saiba tudo sobre BlackBerry

Ver mais

Acabou o acordo entre BlackBerry e TCL. A partir de setembro deste ano, a empresa chinesa não poderá mais utilizar a marca canadense. A informação foi revelada pelo perfil oficial da BlackBerry no Twitter, em um comunicado escrito por funcionários da TCL.

De acordo com o texto, a TCL garante suporte aos dispositivos da marca até agosto de 2022 ou até quando a legislação de cada mercado exigir. As vendas encerram em 31 de agosto de 2020. O último smartphone da parceria foi lançado há quase dois anos, então, teoricamente, as atualizações de sistema podem ser encerradas, mantendo-se apenas alguns updates de segurança até o ano que vem.

O comunicado não explica os motivos para o fim do acordo, mas, especula-se que tenha a ver com a intenção da TCL em entrar no mercado com dispositivos próprios. A empresa já tem mostrado alguns dobráveis desde o ano passado e, na CES 2020, anunciou novos modelos intermediários premium.

Além da BlackBerry, a TCL também é dona da Alcatel. No Brasil, detém ainda a marca Semp. Não é de se estranhar, portanto, que uma delas se sentisse deixada de lado.

A BlackBerry ainda deixa no ar a possibilidade de lançar novos dispositivos no futuro, deixando claro que é a TCL que não terá mais os direitos de uso da marca. Resta saber, portanto, se alguma outra empresa tem interesse em um acordo com os canadenses. É bom lembrar que a companhia está desenvolvendo softwares automotivos com a Amazon.

O que diz o comunicado

“Quando a TCL Communication anunciou em dezembro de 2016 que havíamos entrado em um acordo de uso da marca e suporte de tecnologia com a BlackBerry Limited para continuar disponibilizando novos e modernos smartphones globalmente, ficamos muito empolgados em aceitar esse desafio”, diz o comunicado, que ainda exaltou os modelos BlackBerry lançados pela chinesa, mantendo o DNA de dispositivos seguros.

“Lamentamos informar que, a partir de 31 de agosto de 2020, a TCL Communication não venderá mais dispositivos da marca BlackBerry. A TCL Communication não tem mais direitos de desenvolver, produzir ou vender novos dispositivos BlackBerry, mas a TCL vai continuar a fornecer suporte aos dispositivos móveis existentes, incluindo serviços ao consumidor e garantia até 31 de agosto de 2022 - ou enquanto for necessário seguindo as leis locais onde o dispositivo for comprado”, segue a empresa, que ainda informa haver mais detalhes no site oficial da marca BlackBerry.

O texto fecha com os agradecimentos à empresa pela parceria e aos fãs da marca pelo apoio. “Estamos gratos de ter a oportunidade de conhecer tantos fãs ao redor do mundo em nossas paradas do tour mundial. O futuro é brilhante para ambas TCL Communication e BlackBerry Limited, e esperamos continuar a apoiar ambas conforme seguirmos nossos caminhos”.

Fonte: Twitter

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.