Elon Musk é o mais rico do mundo, com R$ 1 trilhão; veja lista da Forbes

Elon Musk é o mais rico do mundo, com R$ 1 trilhão; veja lista da Forbes

Por Márcio Padrão | Editado por Claudio Yuge | 06 de Abril de 2022 às 17h20
Creative Commons/Duncan Hill

O empresário Elon Musk, CEO da montadora Tesla e da empresa aeroespacial Space X, tornou-se a pessoa mais rica do mundo em 2022, de acordo com o ranking anual de bilionários da revista norte-americana Forbes divulgado nesta terça-feira (5). Musk teria uma fortuna estimada em US$ 219 bilhões (R$ 1 trilhão).

É a primeira vez que o sul-africano aparece em primeiro lugar na lista da publicação; em 2020, estana no 31º lugar, e no ano passado, em segundo. Musk ganhou US$ 68 bilhões (R$ 313 bilhões) em um ano, após salto de 33% nas ações da Tesla. A avaliação não levou em conta a negociação desta semana, em que ele se tornou dono de 9% das ações do Twitter.

Em segundo lugar está Jeff Bezos, com US$ 171 bilhões (R$ 788 bilhões), líder da lista por quatro anos. O fundador da Amazon perdeu o topo do pódio após vender US$ 8,8 bilhões (R$ 40,5 bilhões) de suas ações da Amazon, além de ter doado algumas delas; ele agora tem um pouco menos de 10% da empresa. Ente ganhos e perdas, sua fortuna encolheu US$ 6 bilhões (R$ 27,6 bilhões) entre 2020 e 2021.

Bernard Arnault, dono do grupo de moda de luxo LVMH (Louis Vuitton Moët Hennessy), ficou em terceiro com US$ 158 bilhões (R$ 728 bilhões). O francês ganhou US$ 8 bilhões (R$ 36,8 bilhões) em um ano.

Jeff Bezos (acima) perdeu primeiro lugar na lista de bilionários da Forbes para Elon Musk (Imagem: Divulgação/Amazon)

Quantos bilionários há no mundo?

A Forbes contabilizou 2.668 bilionários no mundo, que juntos têm US$ 12,7 trilhões (R$ 58,5 trilhões). São 87 pessoas a menos que no ano passado. Também afirma que mais de 1.000 bilionários ficaram mais ricos do que eram há um ano. E 236 novatos da lista se tornaram bilionários no último ano, enquanto 329 pessoas que estavam no ranking do ano passado não estão mais em 2022.

Os EUA ainda lideram o ranking, com 735 bilionários no valor de US$ 4,7 trilhões coletivos (R$ 21,6 trilhões), incluindo Musk. A China (incluindo Macau e Hong Kong) ficou em segundo com 607 bilionários (US$ 2,3 trilhões, ou R$ 10,6 trilhões). Na Rússia, 34 ricos se tornaram ex-bilionários no último ano após a invasão de Vladimir Putin à Ucrânia, que gerou sanções econômicas ao país. Já a repressão da China a empresas de tecnologia levou a 87 bilionários chineses a menos na lista.

A publicação usa os preços das ações e as taxas de câmbio a partir de 11 de março de 2022 para calcular o patrimônio líquido dos ricaços. Veja abaixo o top 10 de maiores bilionários do mundo, segundo a Forbes.

  1. Elon Musk (Tesla e Space X): US$ 219 bilhões (R$ 1 trilhão)
  2. Jeff Bezos (Amazon): US$ 171 bilhões (R$ 788 bilhões)
  3. Bernard Arnault (Louis Vuitton): US$ 158 bilhões (R$ 728 bilhões)
  4. Bill Gates (Microsoft): US$ 129 bilhões (R$ 594 bilhões)
  5. Warren Buffett (Berkshire Hathaway): US$ 118 bilhões (R$ 544 bilhões)
  6. Larry Page (Google): US$ 111 bilhões (R$ 511 bilhões)
  7. Sergey Brin (Google): US$ 107 bilhões (R$ 493 bilhões)
  8. Larry Ellison (Oracle): US$ 106 bilhões (R$ 488 bilhões)
  9. Steve Ballmer (Microsoft): US$ 91,4 bilhões (R$ 421 bilhões)
  10. Mukesh Ambani (Reliance Industries): US$ 90,7 bilhões (R$ 414 bilhões)

Fonte: Forbes

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.