Com o fim de separação, Jeff Bezos ainda é o homem mais rico do mundo

Por Rafael Rodrigues da Silva | 04 de Abril de 2019 às 17h14
Tudo sobre

Jeff Bezos

Saiba tudo sobre Jeff Bezos

Após alguns meses de negociações sobre a separação dos bens após o divórcio, Jeff e MacKenzie Bezos finalmente chegaram a um acordo quanto a Amazon: Jeff, o CEO e fundador da empresa, ficará com 75% de suas ações da empresa, enquanto sua ex-esposa MacKenzie ficará com 25% das ações que pertenciam ao ex-marido — basicamente 1% para cada ano que os dois ficaram juntos.

A decisão foi anunciada por ambos nesta quinta-feira (4) no Twitter. Apesar de passar para sua ex-esposa 25% de suas ações da Amazon, o poder de voto dessas ações ainda ficará com Jeff, o que significa que MacKenzie não terá nenhum poder sobre as decisões futuras da empresa. Na separação, o bilionário também manteve todo o controle sobre o jornal The Washington Post e sobre a empresa de exploração espacial Blue Origin.

Isso quer dizer que, mesmo após o divórcio, Jeff Bezos continuará sendo o homem mais rico do mundo, deixando para a ex-esposa apenas uma pequena parte de sua fortuna avaliada até então em US$ 130 bilhões.

O divórcio de Jeff e MacKenzie Bezos foi anunciado por ambos em janeiro deste ano, logo depois do tabloide National Inquirer publicar uma matéria que revelava que Jeff Bezos estava tendo um caso com a ex-apresentadora de TV Lauren Sanchez. Desde o anúncio, o mercado de tecnologia e de finanças entrou em polvorosa sobre como seria o processo de divisão de bens, pois essa seria a primeira chance em anos de Bezos não mais encabeçar a lista dos homens mais ricos do mundo.

Jeff e MacKenzie se conheceram em Nova York, quando ambos trabalharam para a empresa de investimentos D.E. Shaw. Eles se casaram em 1993 e no mesmo ano se mudaram para Seattle, onde fundaram juntos a Amazon. MacKenzie foi uma figura de extrema importância para o desenvolvimento da companhia durante os primeiros anos, mas na última década deixou todo o comando da empresa nas mãos do marido, se resumindo a acompanhá-lo em eventos sociais e festas da empresa.

Fonte: Time

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.