Apple apresenta a segunda geração do Apple Watch

Por Caio Carvalho | 07.09.2016 às 15:25
photo_camera Divulgação

Além dos novos iPhones, a Apple anunciou nesta quarta-feira (7) a nova geração do Apple Watch, além de algumas funções inéditas para o acessório.

Batizado de Apple Watch Series 2, o aparelho vem equipado com um processador dual-core que é 50% mais veloz que o hardware da versão anterior e uma nova GPU que entrega gráficos duas vezes mais rápido. O display também recebeu melhorias significativas: a tela tem duas vezes mais brilho e, segundo o diretor de operações da Maçã, Jeff Williams, este é o painel mais brilhoso já fabricado na história da empresa.

Outra novidade é que o smartwatch agora é totalmente à prova d'água - ou, como a Apple chamou, "à prova de nado" -, podendo ser submerso em até 50 metros de profundidade. Na apresentação, a gigante de Cupertino destacou que o relógio deve ser muito procurado por quem pratica esportes aquáticos, como a natação, já que o gadget registra o quanto o usuário nadou, quantas calorias gastou, entre outras informações colhidas durante a prática do esporte.

Para garantir tanta resistência aquática, a Maçã afirma ter feito inúmeros testes colocando o relógio em tanques cheios d'água para colocar à prova seus componentes. Uma das maiores preocupações era com os alto-falantes, que dependem de uma saída de ar para que a voz consiga passar. Neste caso, a Apple construiu o aparelho em uma nova arquitetura em que os próprios alto-falantes empurram para fora a água que entra por sua abertura. O smartwatch também foi testado com dezenas de nadadores para verificar a pressão usada pelos atletas enquanto estão submersos.

Apple Watch Series 2

A segunda geração do Apple Watch conta ainda com GPS embutido, além de dois outros recursos inéditos. Um deles é a "SOS", uma opção que disca automaticamente o número de emergência caso você se acidente ou precise ir ao hospital com urgência; ainda dentro desta função, se você tiver um conhecido que possua um iPhone, ele poderá cadastrar esse amigo ou familiar para receber uma mensagem alertando de que você foi levado ao médico.

O segundo recurso se chama "Breathe", ou "Respire", em português. Como o próprio nome sugere, a ideia é que o usuário, no meio da correria em que estamos sujeitos todos os dias, tire um momento para parar e simplesmente respirar. O smartwatch até exibe uma pequena animação simulando nossa respiração e, ao final, parabeniza o portador com um "Muito bem!".

E para quem gosta de Pokémon Go, a Niantic e a Apple confirmaram que o game mobile ganhará suporte ao novo Apple Watch.

Apple Watch Series 2

Embora ainda precise ser pareado com um iPhone, o Apple Watch Series 2 roda o novo watchOS 3, anunciado pela Maçã em junho, e que será oficialmente lançado em 13 de setembro. Os preços começam em US$ 369, dependendo do material escolhido para o aparelho, que pode ser de alumínio, aço inoxidável ou porcelana - esta última revelada no keynote de hoje. Também será possível adquirir o acessório em novas pulseiras, e haverá ainda uma edição especial da Nike, que começa a ser vendida em outubro.

Apple Watch Series 2

Por fim, o Apple Watch original agora se chama Apple Watch Series 1, que foi atualizado com o processador dual-core do Series 2 e agora custa US$ 269. A pré-venda dos novos dispositivos terá início nesta sexta-feira (9). O lançamento será no dia 16 de setembro.