Após investimento de Buffet, ações da Apple sobem e empresa quase vale US$ 1 tri

Por Ramon de Souza | 04 de Maio de 2018 às 16h50
TUDO SOBRE

Apple

No momento em que você lê esta notícia, as ações da Apple estão subindo a todo vapor — e se engana quem pensa que tal guinada foi causada por um anúncio de algum produto inovador ou algo do tipo. A valorização ocorreu simplesmente porque Warren Buffet, um dos maiores economistas e investidores de todos os tempos, anunciou recentemente a compra de 75 milhões de papéis da Maçã. Simples assim.

Com a aquisição, a Berkshire Hathaway (grupo de investimentos presidido por Buffet) se torna a terceira maior acionista da companhia de Cupertino, ficando atrás somente das empresas Vanguard e BlackRock. Em um comunicado público, Tim Cook, atual CEO da Apple, afirmou estar “empolgado” com a notícia. “Pessoalmente falando, eu sempre admirei muito o Warren e sempre fui grato pelos seus ensinamentos”, afirmou o executivo.

Na manhã desta sexta-feira (4), as ações da Maçã já alcançaram a marca de US$ 187,87 e seu market cap (valor de mercado) beirava os US$ 930 bilhões. É bem provável que a criadora dos iPhones entre para a história como a primeira empresa pública a valer US$ 1 trilhão; a outra candidata era a Amazon, que, no fechamento desta matéria, ostentava o valor igualmente incrível de US$ 765 bilhões.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Fonte: PhoneArena, CNBC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.