Samsung decide controlar gastos pela primeira vez desde o início da crise

Por Redação | 25.01.2013 às 16:56

De acordo com a agência Reuters, a Samsung vai controlar seus gastos pela primeira vez desde o início da crise financeira pela qual passa o setor de eletrônicos. A sul-coreana, desde 2004, vem aumentando suas despesas de capital de maneira impressionante. Agora, chegou o momento de adotar planos cautelosos, visto que ocorre uma desaceleração no mercado e na demanda por chips de computadores.

Para atender à crescente demanda por componentes eletrônicos variados, a Samsung investiu bastante no setor nos últimos 9 anos. Apesar de ter vendido um volume recorde de 700 mil smartphones por dia no último trimestre, a companhia se depara com um mercado de PCs desaquecido e se vê obrigada a agir com cautela, depois de 11 anos consecutivos de expansão do mercado de computadores pessoais.

Embora o mercado global de smartphones ainda esteja crescendo, seu ritmo é lento, o que leva empresas clientes, como a Apple, a comprar volumes menores de componentes da sul-coreana.

Ainda segundo a Reuters, dados da companhia indicaram que a Samsung iniciou a redução de investimentos planejados no último trimestre. Os analistas esperam um corte de 4 a 20 por cento nos gastos de capital da empresa para 2013.