SAP apresenta solução de gestão de empresas em nuvem para sistema eSocial

Por Rafael Romer | 10 de Fevereiro de 2014 às 19h21

A SAP antecipou nesta segunda-feira (10) que lançará até o final de maio deste ano uma nova solução montada sobre seu sistema de gestão ERP (Enterprise Resource Planning) adequada às exigências do projeto eSocial, do Governo Federal.

O projeto que envolve a Receita Federal, o Ministério do Trabalho, o INSS e a Caixa Econômica Federal prevê que até o final de junho empresas forneçam suas obrigações fiscais, tributárias, previdenciárias e trabalhistas ao Governo através da plataforma digital.

A solução da SAP, chamada apenas de SAP eSocial até agora, permitirá que as empresas transmitam suas informações em tempo real através de arquivos gerados pelos seus sistemas de ERP e Recursos Humanos. O sistema integrado ao eSocial unificará então o envio de todos os dados ao Governo, utilizando o sistema de gerenciamento de banco de dados em memória SAP Hana para acelerar os processos de migração e transmissão de informações.

PECHINCHAS, CUPONS, COISAS GRÁTIS? Participe do nosso GRUPO DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

De acordo com a empresa, a plataforma já está sendo disponibilizada para companhias que quiserem começar a converter suas informações sobre eventos periódicos e não-periódicos. O sistema deverá ser ofertado como uma plataforma standalone para clientes que utilizan sistemas SAP, apesar de funcionar também com plataformas de ERP concorrentes.

Nas próximas semanas, o sistema deverá receber as últimas regulamentações do governo para ser liberado. A solução foi totalmente desenvolvida internamente para o mercado brasileiro, no Centro de Pesquisa de Desenvolvimento da empresa em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul.

SAP Fórum

O anúncio é realizado na semana em que a empresa promove seu SAP Fórum no Brasil, que deve reunir cerca de 10 mil visitantes inscritos durante três dias de evento no Expo Transamérica, em São Paulo. A partir de amanhã, o evento promoverá debates, paineis e trará cases de sucesso de parceiros da empresa que trabalham atualmente com soluções SAP, como foco em soluções de nuvem, análise preditiva, linhas de negócios e na solução Hana.

A empresa alemã comentou ainda os números de crescimento em 2013. Globalmente, a companhia destacou o crescimento de receita total de 8%, e de 2% no setor de software. A empresa também viu um aumento de 130% nas subscrições de seus serviços de cloud. A SAP não revelou qual o aumento de sua receita em serviços de nuvem no ano passado, mas alega que o valor foi próximo a 1 bilhão de euros, e a expectativa para 2014 é de atingir € 3,5 bi.

Em relação à região adiministrativa que compreende os países do Sul da América Latina (SoLA), a SAP afirma que essa já a segunda mais importante para a empresa. A região viu um crescimento de receitas de 18%, e de 28% em software.

Segundo a empresa, o Brasil agora também assume a posição de terceiro maior mercado para a SAP, após a Alemanha e os Estados Unidos. "O que a gente validou no ano de 2013 é que existe um espaço muito grande para cobrir o Brasil, com foco em geografias e regiões específicas", afirmou o presidente da SAP SoLA, Diego Dzodan, durante o evento. O país obteve crescimento de receitas de software de 33%.

A expectativa da empresa é de manter a expansão no país por meio de parceiros de negócios e canais de vendas locais, que tragam as soluções mais próximas de PMEs espalhadas pelo Brasil. Em 2013, as PMEs foram 60% da base de clientes da empresa, através da solução de entrada SAP Business One. 31% das vendas de software no Brasil já são feitas através de canais.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.