Ex-funcionário revela histórias curiosas sobre trabalhar com Mark Zuckerberg

Por Redação | 08 de Agosto de 2014 às 08h35

Assim como Steve Jobs e outros CEOs de empresas, Mark Zuckerberg também tem fama de ser muito detalhista e exigir de seus funcionários produtos perfeitos. Mas, além disso, ele possui algumas histórias curiosas sobre os métodos com os quais faz essas exigências aos funcionários.

Dois casos curiosos foram revelados pelo ex-funcionário Noah Kagan, que trabalhou no Facebook por nove meses em 2005. Ele publicou um livro recentemente e conta duas situações interessantes envolvendo o criador do Facebook, segundo o site Business Insider.

A primeira história deixa claro o quanto Zuckerberg pode ser exigente com seus funcionários, além de não poupar algumas “cenas” quando não gosta de um trabalho. O livro relata:

“Embora eu não lembre qual ferramenta em que estávamos trabalhando, o engenheiro Chris Putnam e eu passamos quase um mês construindo algo que nós pensávamos que Mark iria adorar. Um dia ele foi até o computador de Chris e nós demonstramos o produto. Ele achou uma m****. Eu sei disso porque, ao invés de dar um retorno sobre o produto, ele gritou: “Isso é uma m****, refaçam isso!”, jogou água no computador do Chris e se afastou. Todos nós ficamos ali, em choque”.

O segundo caso parece ainda mais surpreendente para quem não está acostumado com o ritmo de trabalho de Zuckerberg. A história envolve espada de samurai e uma motivação um tanto quanto duvidosa, segundo Kagan:

“Ele anda por aí com uma espada de samurai falsa, ameaçando atacá-lo se trabalhar mal. Onde diabos ele conseguiu aquela espada samurai? Por sorte, nenhum empregado foi ferido enquanto eu estava lá. Ele vinha e fingia cortar você, brincando que se você deixasse o site fora do ar ele iria cortar sua cabeça fora. É preciso lembrar que você tem um super nerd de 23 anos comandando um dos sites de maior crescimento da web”.

Além das histórias que mesclam graça com um pouco de medo, Kagan também revelou que Zuckerberg usava algumas frases motivacionais muito exclusivas com seus funcionários como “Se você não terminar isso logo, eu te dou um soco na cara”. Ou então, segurando a espada de samurai, afirmava “Eu vou cortar você com essa espada enorme”.

Depois desses casos, você ainda estaria disposto a trabalhar ao lado de Zuckerberg?

Fonte: http://www.businessinsider.com/mark-zuckerberg-early-management-tactics-and-temper-2014-8http://www.tecmundo.com.br/mark-zuckerberg/60154-conheca-piores-historias-mark-zuckerberg.htm

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.