Apple registra nova patente de câmera para iPhones e iPads

Por Redação | 24 de Março de 2015 às 17h37
photo_camera Divulgação

Mesmo tendo uma das melhores câmeras do mercado mobile, a Apple continua aprimorando suas tecnologias de captura de imagem. E a mais nova inovação a sair dos corredores de Cupertino deve permitir que o tão sonhado zoom real finalmente chegue aos iPhones e iPads, como mostra uma nova patente registrada pela empresa, que dá uma nova abordagem ao uso de sensores fotográficos em celulares.

Aproveitando-se do espaço maior possibilitado pelos displays com mais polegadas nos aparelhos mais recentes, a Apple criou uma câmera em formato de L, cujo sensor de captura não fica diretamente apontado para fora, diretamente para o objeto. Imagine algo como um periscópio que você entenderá a ideia – as imagens serão captadas por um jogo de espelhos, em um poliedro de vidro, e refletidas para o interior do tubo até a câmera propriamente dita.

Com isso, será possível incluir mecanismos de zoom e também implementar a qualidade das imagens captadas, uma vez que sensores individuais para cada uma das três cores estarão posicionados junto à câmera, após um divisor especial. Eles farão, automaticamente, a detecção de balanço e comporão a fotografia final, exibida na tela rapidamente para o usuário.

Patente Apple

Além disso, de acordo com a patente registrada pela Apple, o poliedro de espelhos poderia funcionar também como um novo mecanismo de estabilização de imagens, uma vez que poderia se mexer de forma independente para compensar o balanço das mãos do usuário. Assim, reduz-se ainda mais a possibilidade de fotos tremidas, uma vez que a câmera em si estaria fixa no corpo do aparelho, sem se mover, e captando apenas as imagens refletidas pelo conjunto.

Como sempre, é importante lembrar que o registro de patentes nem sempre significa a revelação de tecnologias que estão por vir. Muitas vezes, pode se tratar apenas de uma medida de proteção da própria tecnologia, para que outras empresas não se aproveitem dela e a fabricante possa ganhar algum dinheiro com royalties. Ainda assim, nem sempre elas são apenas isso, e muitas vezes, são um bom sinal do que pode ser aplicado em um futuro não tão distante.

Fonte: Patently Apple

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.