Apple pede registro da marca "I WATCH" no Brasil

Por Redação | 08 de Outubro de 2013 às 17h48

A Apple entrou com o pedido de registro da marca "I WATCH" no Brasil, esquentando ainda mais os rumores sobre o lançamento de seu futuro relógio de pulso inteligente, que há anos vem sendo especulado.

O processo número 840532792 data de junho, mas só foi publicado hoje no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial). A informação veio do Twitter do usuário Vítor Medina, que afirma ter encontrado o processo procurando apenas curiosamente por registros da Apple. O pedido pode ser visto neste documento, na página 221, mas o trâmite só é acessível com nome de usuário e senha.

Esta não é a primeira vez que a Apple registra o nome de seu suposto relógio inteligente ao redor do mundo. A empresa já pediu o registro da marca "iWatch" em outros países como Jamaica, Rússia, Japão, México, Colômbia, Turquia e Taiwan.

Curiosamente, a grafia é essa mesma: "I WATCH". Nada de "iWatch". É difícil dizer por que a Apple teria alterado ligeiramente o pedido da marca por aqui.

Outras empresas ainda têm 60 dias para contestar o pedido de registro da Apple. Uma dessas empresas pode ser a Abraham Douer, que solicitou um pedido com a mesma marca em abril na categoria "relógio-celular", mesma categoria de interesse da Apple.

A Dell possui o registro da marca I/WATCH, mas na categoria “programas de computador de qualquer área gerencial ou não de uma empresa, bem como a consultoria dos serviços prestados”, o que significa que talvez isso não seja um problema.

Os rumores sobre o possível relógio inteligente da Apple também esquentaram pela recente contratação de Jay Blahnik, um consultor da área fitness que trabalhou com a Nike. Ben Shaffer, que trabalhou na criação da Nike+ Fuelband, também foi contratado pela empresa da maçã.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.