Agora é oficial: Google compra Waze por US$ 1,1 bilhão

Por Redação | 11.06.2013 às 14:17 - atualizado em 11.06.2013 às 20:14

Depois de tanta especulação, finalmente o futuro do Waze foi decidido: nesta terça-feira (11) o Google anunciou oficialmente que está comprando a empresa, dando ao gigante da web um impulso social para seu negócio de mapeamento, que já é um sucesso por si só.

Apesar do anúncio no blog oficial do Google, a empresa não citou os valores envolvidos na transação, mas de acordo com fontes do site TechCrunch, a venda foi realizada pelo valor especulado previamente pelo Bloomberg: US$ 1,1 bilhão.

Saiba mais: [Rumor] Google está próximo de adquirir o Waze por US$ 1,1 bilhão

A aquisição é duplamente estratégica para o Google, já que a compra foi realizada logo após negociações frustradas do Waze com dois grandes rivais do gigante da web: Facebook e Apple. Lembrando que nenhuma das duas companhias manifestou publicamente seu interesse em adquirir a startup.

Vantagens para o Google

Por ser uma plataforma colaborativa, o Waze pode dar ao Google Maps um ângulo adicional ao sistema de mapeamento proveniente da camada social oferecida por ele. Isso pode aumentar as descobertas e o engajamento do usuário na plataforma do Google.

Além disso, o Google jogou para escanteio seus concorrentes que estavam no páreo para aquisição da startup, e agora o Facebook, por exemplo, terá de continuar utilizando dados de terceiros para as suas próprias pesquisas e informações baseadas na localização.

Capital de risco

O Waze havia levantado US$ 67 milhões em financiamento de fundos de capital de risco, e parece que agora boa parte do pagamento do Google será destinada a estes fundos. O jornal de negócios israelense 'Globes' foi o primeiro a relatar o interesse da empresa de Mountain View, e ele estima que os cofundadores e o CEO do Waze recebam um total de apenas US$ 200 milhões da venda.