Publicidade

Enchente nas Filipinas deixa mortos e milhares de desabrigados no Natal

Por| Editado por Patricia Gnipper | 26 de Dezembro de 2022 às 18h06

Link copiado!

Imagem: DFAT/Wikimedia Commons
Imagem: DFAT/Wikimedia Commons

O Natal de milhares de famílias nas Filipinas foi trágico este ano. Uma enchente deixou 11 mortos e levou 46.000 pessoas a evacuarem seus lares após uma forte tempestade atingir o país. Outras 19 pessoas estão desaparecidas.

É temporada de chuvas nas Filipinas e, após uma semana de intensa precipitação no sudeste do país asiático, uma enchente inundou rodovias, vilarejos e cidades como Gingoog, Ozamiz e Oroquieta. O desastre aconteceu durante este domingo (25). O Natal é o feriado mais importante no país, cuja maioria da população é católica.

Em entrevista à AFP, o funcionário da Defesa Civil local, Robinson Lacre, disse que “a água subiu acima da altura do peito em algumas áreas, mas hoje as chuvas pararam. Lacre atuou em Gingoog, cidade que teve mais de 33.000 pessoas evacuadas.

Continua após a publicidade

Eventos climáticos extremos

As Filipinas são consideradas um dos países mais vulneráveis às mudanças climáticas. A nação do sudeste asiático, localizada entre a China e a Indonésia, está em uma área sujeita a tufões e monções. Cientistas apontam que tais eventos devem se tornar ainda mais intensos devido às mudanças climáticas.

Há pouco mais de um mês, o país sofreu com outro evento similar, que causou mais de 150 mortes e fez com que cerca de 355.000 pessoas abandonassem seus lares. Cerca de 20 tufões atingem as Filipinas a cada ano.

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Fonte: Phys.orgRFI