Publicidade

Linux Mint 21.3 chega com suporte ao protocolo Wayland

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 24 de Janeiro de 2024 às 13h28

Link copiado!

Divulgação/Linux Mint
Divulgação/Linux Mint

O Linux Mint 21.3 recebeu a sua versão estável em janeiro e traz suporte oficial até 2027. A atualização conta com o Cinnamon 6.0 e dá a largada na implementação do Wayland na distribuição de Linux.

Novidades do 21.3 "Virginia"

A nova compilação traz o kernel de versão 5.15 e é baseada no Ubuntu 22.04. A principal novidade se encontra no Cinnamon 6.0, que oferece suporte experimental ao protocolo Wayland.

Continua após a publicidade

Ao iniciar o PC, é possível escolher o Xorg ou Wayland na tela de login. Contudo, os desenvolvedores deixam claro que o novo protocolo ainda não está estável e que nem todos os recursos estão disponíveis.

O Cinnamon 6.0 também permite baixar e instalar novas ações personalizadas n o menu de contexto por meio de complementos da interface Cinnamon.

Outras mudanças incluem configurações para escolher o monitor que vai exibir notificações e para definir a escala de 75% e a opção para selecionar canais favoritos no Hypnotix e os novos papéis de parede.

Continua após a publicidade

Linux Mint 21.3 será atualizado até 2027

A nova versão do Linux Mint traz o selo LTS (Long-term support, em inglês). Isso significa que o sistema receberá atualizações de segurança por mais tempo, expandindo sua vida útil — neste caso, até 2027.

Para instalar o Linux Mint 21.3, é preciso ter um computador com, no mínimo, 2 GB de memória RAM, 20 GB de armazenamento e monitor com resolução de 1024 x 768.

Segundo os desenvolvedores, se você instalou a versão Beta anteriormente, não é preciso atualizar o sistema manualmente. Apenas utilize o gerenciador de atualizações para aplicar as novidades disponíveis.